banner
publicidade
publicidade

A preciosidade da vida é aquilo que está dentro de você.

A preciosidade da vida é aquilo que está dentro de você.

I leitura: l Jo 3,22-4,6 / Salmo: 2 / Evangelho: Mt 4,12-17.23-25.


Vós, filhinhos sois de Deus, e os vencestes, porque o que está em vós é maior do que aquele que está no mundo” ( l Jo 4,4). Deus colocou em cada um de nós poder. Poder do alto, poder para vencer. Se não usarmos o poder que Deus nos concedeu, corremos o grande risco de nos direcionar por falsos caminhos.

E tudo o que lhe pedirmos, receberemos dele porque guardamos os seus mandamentos e fazemos o que é agradável a seus olhos” (l Jo ,22). Poder para vencer. Deus age em nossas vidas apartir desse poder que nos permitiu.

Voltemo-nos para a belíssima história de Gideão, descendente das doze tribos de Israel, fora chamado pelo anjo do Senhor  para uma árdua batalha, onde escolheu  34.000  mil homens, mas foi para a batalha com apenas 300 homens. “ O Senhor disse a Gideão: Com os trezentos homens que lambera a água, vos salvarei, e entregarei Madiã nas tuas mãos” (Jui 7, 7).

Deus não queria ganhar a vitória através da quantidade e sim da forma que Êle escolheu para agir. “Dividiu os trezentos homens em três grupos, e pôs nas mãos de todos trombetas e ânforas vazias, levando dentro uma tocha acesa” (Jui 7, 17).

Deus colocou a  trombeta  na mão de Gideão. E quando aqueles homens soaram a trombeta, não foi grito de desespero, de susto ou de medo, mas um grito da alma, um grito de quem acreditava na vitória.

Quantos pais, mães já gritou de desespero diante dos sofrimentos ou machucaduras dos filhos? São pessoas que querem salvar seus filhos. Está na hora de pegar a trombeta.

Jesus é a trombeta. E a palavra que precisa sair é vitória, vitória, vitória.

Vitória de Jesus na minha casa, na minha família, vitória no meu trabalho e para os meus filhos. Gritos da alma, gritos de confiança.

É latente a nossa fragilidade, nossas limitações humanas, podemos nos quebrar facilmente como um vaso de barro, contudo, temos a graça de sermos filhos de Deus, que nos concede poder para vencer.

E diante de nossas limitações, tantas vezes queremos mostrar força, queremos nos impor. Mas, é preciso reconhecer estas fragilidades e nos voltar para Deus.

A preciosidade da vida não está no vaso, mas naquilo que está dentro do vaso. Você escolhe o que cultivar dentro do vaso. A riqueza está aí, sabermos quem somos e assim buscar o melhor que está dentro do vaso.

O vaso precisa ser quebrado aos pés de Jesus, para que Êle possa nos dar a vitória.

Podemos ser vasos de qualquer espécie, mas o valor é interno. O que está dentro de nós,  o que Deus colocou dentro de você, é muito mais valioso do que tudo que esteja aqui fora.

Exortação feita pelo Pe. Alexandre Junior Simões de Souza
Texto de Gidalva Pardim


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21