banner
publicidade
publicidade

Ações para o fortalecimento do eixo pedagógico na rede estadual são apresentadas durante a Aula inaugural

Ações para o fortalecimento do eixo pedagógico na rede estadual são apresentadas durante a Aula inaugural

O fortalecimento do eixo pedagógico das escolas estaduais, por meio da implantação de projetos, realização de concurso público e formação de professores, é o destaque para o ano letivo 2018 na rede estadual de ensino. O detalhamento de ações, que estão sendo implementadas nas escolas pela Secretaria da Educação do Estado, foi apresentado durante a Aula inaugural, nesta quarta-feira (21), no auditório do Centro Educacional Carneiro Ribeiro – Escola Parque, no bairro da Caixa D´ Água, em Salvador. A atividade contou com a participação do secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, e dos irmãos Macedo, Armandinho, André e Aroldo, em uma homenagem a Dodô e Osmar.

“A grande novidade da Educação é o que discutimos nas escolas, em 2017, com todos os gestores escolares, envolvendo o currículo, a nova Base Nacional Comum Curricular, a Educação Profissional e Tecnológica, ou seja, uma Educação reformulada, com uma escola contextualizada em cada território, que oferte Música, Teatro, mas, também, oferte Ciência, Robótica e cursos de curta duração, uma escola que tenha inovação e que, efetivamente, prepare os estudantes para a vida”, afirmou o secretário Walter Pinheiro.

Para tanto, as escolas estão tendo ampliação do acesso à internet em banda larga, por meio de fibra ótica ou via rádio, estando em curso a instalação de 320 pontos de satélite no interior e já consolidado o processo nas escolas da capital. Outras medidas são a ampliação dos projetos de arte e cultural nas escolas; a implantação de novas Escolas Culturais; e a realização, na Bahia, da 19ª edição do encontro internacional Virtual Educa, no próximo mês de junho.

Especialmente, o Estado está investindo na carreira do magistério. O concurso público, com 3.760 vagas para professores e coordenadores pedagógicos da rede estadual de ensino, será realizado domingo (25), na capital e no interior. Parcerias estão sendo ampliadas com as universidades públicas que contemplam, dentre outras coisas, a oferta de cursos na modalidade Educação a Distância (EaD), de modo a beneficiar estudantes que moram no interior do Estado e, principalmente, para a formação de professores.

“Estamos comemorando o início, ontem, do curso online Uso Pedagógico de Tecnologias Educacionais para mais de 24 mil professores e coordenadores pedagógicos, em parceria com a Universidade Federal da Bahia. Estamos recebendo telefonemas de todo o Brasil, dos secretários querendo saber qual é a nossa plataforma, como a gente está conseguindo oferecer este curso para tantos educadores de uma vez só”, afirmou o secretário Pinheiro, ao acrescentar que o curso valoriza a carreira do magistério com formação e, também, com ganhos salarias, uma vez que os concluintes terão um ganho médio de 14% em seus vencimentos, até maio de 2019.

Aliado a isto, novos projetos irão imprimir pedagogia inovadora nas escolas, a exemplo do Inova Escola, desenvolvido em parceria com a Fundação Telefônica Vivo e lançado, ontem, no Colégio Estadual Norma Ribeiro, no bairro de Arenoso, em Salvador. O programa desenvolve e implementa inovações educacionais que potencializam a aprendizagem e conectam a educação pública com as competências do século XXI.

Outra novidade é o Programa e-Nova Educação, desenvolvido pela Secretaria da Educação do Estado em parceria com o Google INC, que inclui a formação de professores e o uso de um Ambiente Virtual de Aprendizagem de última geração, dinamizando os processos de ensino e aprendizagem e configurando uma rede social de conhecimentos que integra estudantes e professores.

Protagonismo estudantil

Os estudantes das escolas estaduais foram os grandes protagonistas da Aula Inaugural. Vindos de diferentes Núcleos Territoriais de Educação (NTE), eles encantaram o público com apresentações de projetos científicos, de música, dança, poesia, de audiovisual e outras práticas formativas e educativas, em suas distintas linguagens, que são desenvolvidas nas escolas para promover o protagonismo estudantil.

Durante o programa, projetos desenvolvidos pelos estudantes e de grande alcance social também foram apresentados. As estudantes Adrielle Bispo, 18 anos, e Islaine Medeiros, 17, do 4º ano do curso técnico de nível médio em Recursos Humanos, do Colégio Estadual Luís Eduardo Magalhães, em Alagoinhas, falaram um pouco sobre o trabalho “Da escola para o mundo”, realizado no âmbito do Projeto Ciência na Escola, que promoveu a integração da escola com a comunidade e teve projeção internacional. “Participamos de algumas mostras apresentando o trabalho que teve ótima repercussão. Fomos o único projeto escolhido para representar a Bahia no Criativos da Escola, em 2017. E através de uma premiação no Pará estamos selecionadas para a Mostra Latino Americana, no Peru, que acontece em outubro”, disse orgulhosa Adrielle.

Também foram apresentados os oito estudantes da rede estadual que fazem parte do projeto Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC Júnior), promovido em parceria entre o Centro Juvenil de Ciência e Cultura (CJCC) de Salvador e a Faculdade Baiana de Medicina, que promove a iniciação científica para alunos do Ensino Médio.

Na área artística, que contou com apresentação de música, poemas, contos e vídeos, a ex-estudante Fabíola Pereira, 18, do Colégio Estadual Camilo de Jesus Lima, em Vitória da Conquista, no Sudoeste baiano, premiada como “melhor atriz” na categoria Ensino Médio, do III Festival Internacional de Cinema Escolar de Alvorada (RS), falou da experiência de contar com um projeto de artes na rede estadual. “Com o projeto de teatro do CJCC de Vitória da Conquista, tive a oportunidade de conhecer um talento que não tinha explorado. E com isso, ainda pude ter essa grande experiência de participar do curta-metragem ‘Cicatrizes’ que me proporcionou esse prêmio. É muito importante o trabalho que está sendo realizado de trazer a arte para as escolas, como algo integral do currículo”, ressaltou.

 

Foto: Claudionor Junior

Para mais fotos relacionadas:

https://www.flickr.com/photos/todospelaescola/


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21