banner
publicidade
publicidade

Acordo entre Governo e associações adiada


A reunião entre representantes do governo da Bahia,  associações de policiais militares e o Arcebispo Primaz do Brasil, Dom Murillo Krieger, para tentar pôr fim à greve da PM no estado terminou sem acordo.

A proposta do governo foi, além do reajuste linear de 6,5%, a aplicação da GAP 4 no montante  de 19%, a partir de novembro deste ano até o final de 2013, e a GAP 5 escalonada  entre  2014 e 2015, o que, segundo o governo, daria um percentual de aumento de 35%.  Os policiais não aceitaram a proposta e querem a aplicação da GAP4 este ano e da GAP 5 já em 2013.

As associações não aceitaram a proposta insistindo em que a GAP 4  já seja aplicada em 2012. Além disso, o governo admitiu que os grevistas com mandatos de prisão sejam encarcerados em presídios  da Bahia.  E existe também a possibilidade dos policiais com mandato de prisão obterem habeas corpus.

Ao saber que as associações não aceitaram a proposta do governador, os grevistas na Assembleia Legislativa começaram a cantar: “ o carnaval acabou, o carnaval acabou”.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21