banner
publicidade
publicidade

Acusado de assaltar Casa Lotérica é morto em confronto com a PM de Prado

Após o roubo praticado no final da manhã desta segunda-feira (07/06) à Casa Lotérica Maré da Sorte (localizada no centro de Prado), policiais do 4º Pelotão de Polícia Militar de Prado partiram em perseguição aos suspeitos de terem praticado o crime contra o patrimônio bancário.

Os policiais militares seguiram as pistas deixadas pelos criminosos que teriam fugido sentido Fazenda Oiteiro.

Na região do Pau Rancado (povoado localizado no distrito de São Francisco, município de Prado) foram alcançados e interceptados.

De acordo com a narrativa da guarnição que participou da ação, ao alcançar os ladrões em fuga, os policiais militares foram recebidos à bala. No revide, um dos acusados teria sido atingido.

Segundo os policiais, a conclusão da ação se deu com a prestação dos primeiros socorros e, posteriormente, o encaminhamento ao Hospital Jonival Lucas, onde o baleado acabou morrendo. A causa da morte teria sido um tiro na região do tórax. O corpo foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal Nina Rodrigues de Itamaraju) para ser submetido ao procedimento de autópsia.

Vítimas e populares fizeram o reconhecimento do corpo, tendo reconhecido a jaqueta que ele usava no momento em que aguardava o comparsa.

O outro teria conseguido embrenhar na mata e fugido, mesmo após ter sido alvejado. Todos os hospitais regionais foram avisados e estão de sobreaviso.

A motocicleta (Yamaha/YBR, placa JQJ-4054, emplacada em Caravelas), conforme afirma a acusação, foi o veículo utilizado para dar fuga aos assaltantes da Casa Lotérica Maré da Sorte.  A moto foi abandonada no local da troca de tiros e trazida pela PM até a Delegacia de Polícia Civil de Prado. Populares reconheceram o veículo como aquele usado para dar fuga ao bandido que anunciou e levou o dinheiro da lotérica pradense.

Nos últimos dias o 4º Pelotão de Polícia Militar de Prado intensificou o trabalho de combate ao crime e passou a imprimir ações de repressão. A ação narrada aqui é exemplo da agilidade, da eficiência e eficácia do trabalho de uma corporação empenhada em prestar serviços à comunidade. Contando com baixo efetivo, mas com policiais compromissados com o seu dever, nesta operação encontramos policiais que estavam de folga e, mesmo assim, não mediram esforços para demonstrar a sociedade que o contingente da 43ª Companhia Independente de Polícia Militar não furta à efetiva colaboração de manter a lei e a ordem na sociedade.

#primeirojornal


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21