banner
publicidade
publicidade

Acusados de roubo de gado são presos em Itanhém

Policiais do Pelotão de Emprego Tático Operacional (PETO) prenderam na tarde deste sábado, 24 de fevereiro, Agileu Benicio de Souzade 33 anos, e Wesley Sangali, de 29 anos, morador de Medeiros Neto, acusados de roubo de gado na região.

A prisão dos acusados se deu depois que a polícia recebeu informação que um roubo de gado na fazenda Ipiranga de propriedade da senhora Enedina de Souza Azevedo, localizada em Curvelo da Conceição (Corró), município de Itanhém, estava em andamento.

De posse das informações, uma guarnição do PETO foi verificar as informações, na estrada os policiais avistaram o caminhão boiadeiro Mercedes Benz, de cor verde, placa policial JLX-8846, licenciado em Medeiros Neto, que era dirigido por Agileu, que estava acompanhado por Wesley negociador do gado. O caminhão ainda estava vazio.

Ao questionar  os ocupantes do veículo sore o roubo de gado Agileu e Wesley entraram em contradição. Logo os policiais receberam informação que os vaqueiros da fazenda Ipiranga já haviam encontrado as 17 cabeças de gado que haviam sido furtadas. Os animais estavam no ponto combinado entre os bandidos e o motorista que ia pegar as reses. O gado  foi levado para uma fazenda vizinha antes da chegada do caminhão.

O gado teria sido furtado por Marcelo Pestana, morador de Itanhém que, constantemente, aparece em redes sociais ostentando garrafas de bebidas caras.

Segundo relatos, Marcelo Pestana é quem seleciona o gado nas fazendas, reuni em local estratégico, leva para o embarcador e os colocava no caminhão. A partir daí, Wesley Sangali, o “Pau Podre”, entra em cena negociando com os compradores de Medeiros Neto e acompanhando os motoristas dos caminhões, no transporte do gado.

Segundo “Pau podre”, um dos compradores do gado roubado é filho de um ex prefeito de Medeiros Neto.

O motorista, que alega inocência, disse que foi contratado no mês passado por outras duas vezes; uma para transportar 07 cabeças de gado e outra para levar apenas 03 animais.

A polícia acredita que as pessoas que estavam comprando o gado furtado tinham conhecimento do que estavam fazendo, uma vez que o vendedor não é fazendeiro, não comprovava a procedência dos animais vendidos, e já é conhecido como ladrão de gado.

Wesley e Agileu foram encaminhados à delegacia de Polícia Civil de Teixeira de Freitas – 8ª COORPIN, onde foram ouvidos e autuados em flagrante, por furto de gado e formação de quadrilha (crime inafiançável), pelo delegado Madson Souza Dias. 

A polícia continua em diligencia no intuito de localizar o Marcelo Pestana.

Na rota do furto:

As polícias do Extremo Sul estão atentas para a problemática do furto de gado na região. Recentemente, em Teixeira de Freitas, a polícia conseguiu desarticular uma das maiores quadrilhas de furto de gado prendendo 07 pessoas que, no último furto, levaram 52 animais da raça Nelore, avaliados em cerca de R$ 120 mil reais.

Inf. Medeirosdiaadia


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21