banner
publicidade
publicidade

Almoço promovido por Gandini causa discórdia entre vereadores

Um grupo de sete vereadores da Câmara de Vitória não está nada satisfeito com o presidente da Casa, Fabrício Gandini (MD). É que o chefe do Legislativo convidou (mais cada um pagando sua conta) para um almoço em um restaurante da Capital parte dos colegas de plenário. Os que não foram convidados se sentiram desprestigiados e o mal estar se armou nos corredores do Legislativo municipal. No cardápio do encontro, discussão de projetos do Executivo, entre eles, o que reajusta o salário e concede tíquete alimentação para os servidores públicos. Durante a sessão desta quarta-feira o chororô foi grande e teve até quem se retirasse do plenário.

Resposta 
Em contrapartida, o grupo que ficou barrado também promoveu um almoço no mesmo restaurante onde Gandini realizou seu encontro. Entre uma garfada e outra, os vereadores promoveram um ato de repúdio e exigiram mais respeito por parte do presidente da Casa. É que onde come um, comem dois, três, sete ou 15…

Barrados
Na lista dos barrados então os vereadores Devanir Ferreira (PRB), Neuzinha Oliveira (PSDB), Reinaldo Bolão (PT), Serjão (PSB), Marcelão (PT), Luisinho Coutinho (PDT) e Luiz Paulo Amorim (PSB). Todos dizem que não foram convidados para o encontro. Climão!

Por outro lado…
Gandini lamenta o clima desagradável que ficou após o almoço e garante que todos receberam comunicado para a reunião. O presidente diz ainda que há um grupo menor de vereadores fazendo um movimento desconhecido para desestabilizar a unidade da Casa e prefere acreditar que houve falha na comunicação entre os assessores dos parlamentares insatisfeitos.

Desenvolvimento 
Nesta quarta-feira, o governador Renato Casagrande (PSB) lançou o programa de investimento da ordem de R$ 3 bilhões para construir portos, aeroportos, rodovias e ferrovias no Estado. Durante seu discurso, falou que é preciso pensar um plano de desenvolvimento além dos quatro anos de um mandato. Quem estava lá entendeu que foi um sinal de que vai mesmo disputar a reeleição em 2014.

Ausências 
Diversas autoridades políticas participaram da solenidade. Prefeitos, secretários, deputados, vereadores, mas curiosamente não tinha nenhum representante da bancada capixaba. Os senadores, pelo menos, tinham uma justificativa, já que o dia no Senado foi para discutir a votação da MP dos Portos.

O jornalista Josué de Oliveira conta para os leitores tudo o que acontece nos corredores dos Três Poderes do Espírito Santo.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21