banner
publicidade
publicidade

Aparecida e Euclério saem em defesa de Vidigal na Assembleia

Prestes a deixar o comando do Partido dos Trabalhadores (PDT), o ex-prefeito da Serra, Sérgio Vidigal, ganhou nesta segunda-feira apoio para conciliar às atividades no Ministério do Trabalho com a presidência da sigla. Na Assembleia Legislativa, os deputados Euclério Sampaio e Aparecida Denadai usaram a tribuna para defender sua permanência na chefia da sigla. Após o discurso, no entanto, comentário que circulou na Casa foi de que a manifestação de apoio foi pedida pelo próprio Vidigal, que vem perdendo fôlego com o surgimento de novas lideranças dentro do partido.

Tiro no pé I
A nota publicada na Coluna no último domingo sobre a oposição do vereador Reinaldo Bolão (PT) à atual administração repercutiu no Palácio Municipal. O secretário de Transporte e Infraestrutura, Max da Mata, é quem está gostando da postura do seu ex-colega de plenário. Com a exposição dos problemas da gestão do ex-prefeito João Coser (PT), ele não precisa apontar as falhas, situação que está sendo mostrada pelo próprio aliado do ex-prefeito.

Tiro no pé II
Dizem que a postura de Bolão está associada ainda ao fato de dois aliados terem sido exonerados da Secretaria de Trânsito e também pelo fato de Max ter atendido reivindicações do presidente da Associação de Moradores de Goiabeiras, Denner Januário, adversário do petista e possível candidato a vereador nas próximas eleições. O clima entre eles, que nunca foi dos melhores, tem ficado cada vez mais pesado.

Bate-boca 
O deputado José Esmeraldo (PR), conhecido por não ter papas na língua, protagonizou bate-boca no plenário nesta segunda-feira com o colega de plenário Eustáquio Freitas (PSB). Tudo por conta da canetada do secretário de Saúde, Tadeu Marino, que exonerou seus aliados de hospitais estaduais. O republicano não poupou críticas ao Palácio e o desabafo foi entendido como um recado ao governador Renato Casagrande (PSB).

Turismo 
Após um passeio pela baía de Vitória, o prefeito Luciano Rezende (PPS) viu de perto a realidade do cais localizado na Ilha das Caieiras. Diante da situação precária do atracadouro já convocou uma reunião com representantes do Sindibares e comerciantes da região nesta terça-feira para discutir a recuperação da plataforma.

Cultura
Além de impulsionar o turismo, a ideia é fazer do local, que já é referência para quem quer saborear a tradicional moqueca capixaba, em um verdadeiro pólo gastronômico da Capital. Os secretários de Turismo e Cultura do município também foram convocados para o encontro.

*O jornalista Josué de Oliveira conta para os leitores tudo o que acontece nos corredores dos Três Poderes do Espírito Santo.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21