banner
publicidade
publicidade

Apicultores da Bahia apoiados pela Fibria aprendem a fabricar novos produtos

Apicultores da Bahia apoiados pela Fibria aprendem a fabricar novos produtos

 

Além de mel, cera, própolis e compostos utilizados em cosméticos ajudam a ampliar a renda da apicultura

Um grupo de 24 apicultores da Bahia participantes do Programa Colmeias, desenvolvido pela Fibria, participou no início de novembro de um curso para aprender a fabricar subprodutos derivados dos produtos da apicultura, como mel, própolis e cera. A capacitação teve como objetivo agregar valor à produção e proporcionar alternativa de ampliação de renda com a atividade apícola.

Promovido pela Fibria, o curso foi ministrado pelo zootecnista Danyllo Matos Pimentel, especialista em apicultura, nas comunidades de Igrejinha (Alcobaça) e Juerana (Caravelas). O consultor de Sustentabilidade da Fibria, Narcisio Luiz Loss explica que os participantes do curso foram estimulados e orientados a trabalhar de forma artesanal e segura na confecção de produtos que agregam valor à atividade apícola, mesmo em momentos de baixa produção.

Eles conheceram e vivenciaram a experiência com mais de 20 produtos, incluindo a produção de extrato de ervas verdes, secas e úmidas; compostos; sabonetes; pomadas; xampus; e repelentes, entre outros.

Ao término do encontro, os produtos foram vendidos a preço de custo como forma de arrecadar fundos para a compra de materiais que serão utilizados na confecção de mais produtos entre os associados. Uma das participantes foi a apicultora Jurema Maria Silva de Souza, da Associação de Apicultores de Rancho Queimado e Igrejinha (Aarqui), de Alcobaça, que elogiou o curso. “Jamais imaginei que ainda pudesse aprender algo tão importante e de grande utilização na comunidade”, disse.

Outra integrante do curso foi Sebastiana Gomes da Conceição, da Associação de Produtores e Apicultores de Caravelas (APAC), de Juerana. “Sou iniciante na atividade e estou muito satisfeita pela oportunidade de ampliar minha renda com a apicultura e os produtos que aprendi a fazer aqui hoje”, afirmou.

Sobre o Colmeias – O Programa Colmeias é uma iniciativa desenvolvida pela Fibria com o objetivo de contribuir para o fortalecimento da atividade apícola, implantando novas tecnologias em conjunto com os apicultores, produtores rurais e assentados da agricultura familiar. Por meio do uso múltiplo das áreas florestais da empresa, o programa busca organizar de forma sustentável a cadeia produtiva do mel e proporcionar a melhoria na geração de renda e na qualidade de vida das comunidades envolvidas.

Os participantes são estimulados a se organizarem em associações, recebem orientação sobre planejamento, comercialização e técnicas de produção que contribuem para o aumento da produtividade. Somente em 2016, foram instaladas 2.788 Colmeias em áreas da Fibria. Com a orientação da empresa, os apicultores também estão buscando o selo de inspeção municipal, o que facilita o acesso a outros mercados.

Atualmente, boa parte do mel é vendido in natura para entrepostos que fazem a comercialização. O selo habilita os apicultores a fornecerem, por exemplo, para programas oficiais, como o Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), no fornecimento de produtos para merenda em escolas municipais.

Sobre a Fibria

Líder mundial na produção de celulose de eucalipto, a Fibria é uma empresa que procura atender, de forma sustentável, à crescente demanda global por produtos oriundos da floresta. Com capacidade produtiva de 5,3 milhões de toneladas anuais de celulose, a companhia conta com unidades industriais localizadas em Aracruz (ES), Jacareí (SP) e Três Lagoas (MS), além de Eunápolis (BA), onde mantém a Veracel em joint-operation com a Stora Enso. A companhia possui 969 mil hectares de florestas, sendo 568 mil hectares de florestas plantadas, 338 mil hectares de áreas de preservação e de conservação ambiental e 63 mil hectares destinados a outros usos. A celulose produzida pela Fibria é exportada para mais de 40 países. Em maio de 2015, a Fibria anunciou a expansão da unidade de Três Lagoas, que terá uma nova linha com capacidade produtiva de 1,95 milhão de toneladas de celulose por ano, e entra em operação no quarto trimestre de 2017. Saiba mais em www.fibria.com.br


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21