banner
publicidade
publicidade

APÓS ANUNCIAR MUDANÇAS, DILMA REÚNE MINISTROS E GOVERNADORES EM BRASÍLIA

Após anunciar a reforma ministerial nesta sexta-feira (2), a presidente Dilma Rousseff convocou uma reunião com ministros e governadores de seu núcleo político no Palácio da Alvorada para discutir os novos rumos do governo.Dos governadores, estiveram presentes Wellington Dias (PI), Luiz Fernando Pezão (RJ) e o Camilo Santana (CE).
Dilma anunciou o corte de oito ministérios e a redução em 10% do salário dos ministros. Segundo o gabinete presidencial, os vencimentos da própria presidente e do vice-presidente Michel Temer também sofrerão corte de 10%.Dessa forma, 275 dias após ter sido eleita, a presidente mudou toda a configuração do governo na tentativa de melhorar sua governabilidade e evitar a abertura de um processo de impeachment contra seu mandado.
O PT perdeu quatro pastas e passou de 14 para 9 ministérios, enquanto o PMDB, partido de Temer, ganhou mais corpo e passou de 6 para 7 ministérios pastas, assumindo a Saúde, que estava sob comando do petista Arthur Chioro.”Vivemos em uma democracia e temos que dialogar com o Congresso eleito pelo povo em favor da população”, disse Dilma, admitindo que a reforma faz parte de uma estratégia para a aprovação de medidas econômicas no Legislativo que, segundo ela, vão ajudar o Brasil a sair da crise.
Dilma também anunciou a redução de 20% nos gastos de custeio e contratação de serviços nos ministérios, além da criação de metas para a redução nas contas de água e energia e nas despesas com telefone e passagens aéreas.”Isso vai contribuir para que o país saia mais rapidamente da crise e vai ajudar as medidas de reequilíbrio fiscal e controle da inflação, além de consolidar a estabilidade macroeconômica, aumentando a confiança na economia”, disse a presidente.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21