banner
publicidade
publicidade

Após morte de policial, coronel declara: “A resposta aos bandidos será à altura”

18 de Jul de 2016 • 09:23

Após morte de policial, coronel declara: “A resposta aos bandidos será à altura”

Após morte de policial, coronel declara:

Foto: Tácio Moreira/Metropress

O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Anselmo Brandão, foi entrevistado por José Eduardo, direto do Centro de Operações e Inteligência de Segurança Pública — inaugurado nesta segunda-feira (18) —, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador, e comentou os índices de violência no estado. Para ele, com o lançamento da ferramenta “a Bahia tem hoje o controle da violência”. “Esse centro é motivo de festa. Isso prova o compromisso da Secretaria de Segurança Pública. Só quem ganha é a população baiana”, afirmou.

Questionado sobre a reação da PM diante da morte de investigadores — como na noite do último domingo (17), em Cajazeiras — o coronel declarou que uma “força tarefa” atua para encontrar os autores do crime. “Toda vez que um policial é vítima da violência, é como se estivessemos perdendo um filho. Temos uma força tarefa e estamos dando resposta. Nossos homens estão em busca dos elementos”, disse.

“Foi uma morte por motivo banal. O importante é que estamos mantendo o controle. Não tem como a polícia tratar os bandidos com flores. Vamos dar o tratamento aos bandidos à altura. Entre o bandido e nosso policial, daremos prioridade aos nossos policiais. Nós precisamos ter um efetivo maior. Mas hoje temos o controle de tudo no nosso estado”, concluiu.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21