banner
publicidade
publicidade

Após tomar posse, Coronel faz corte de R$ 65 mil em folha da Assembleia

Após tomar posse, Coronel faz corte de R$ 65 mil em folha da Assembleia

Após tomar posse, Coronel faz corte de R$ 65 mil em folha da Assembleia

Foto: Tácio Moreira/Metropress

Recém-empossado como presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), Ângelo Coronel (PSD) fez um corte de R$ 65 mil na folha do Legislativo baiano nesta sexta-feira (3). Ao todo foram exonerados 18 funcionários que acompanharam o ex-presidente Marcelo Nilo (PSL) durante os dez anos em que ele ficou no poder.

Segundo informações do site Aratu Online, entre os funcionários demitidos, 17 ocupavam cargos comissionados e um era secretário parlamentar da presidência. Foram R$ 65.480,02 cortados na folha da ALBA. Os salários dos funcionários variam entre R$ 937,00 a R$ 8.000,00.

Foram dois cargos de auxiliar de gabinete que ganhavam R$ 937,00, um assistente de gabinete que ganhava R$ 1.841,87, oito cargos de assessores técnicos que ganhavam mais de R$ 2 mil,  quatro assessores especiais com contrato de mais de R$ 3 mil, um assessor de relações institucionais e um chefe de gabinete da presidência que mantinham o contrato de mais de R$ 7 mil e um secretário parlamentar que recebia R$ 8 mil por mês. Nos próximos dias, Coronel deve exonerar ainda mais funcionários e indicar seus substitutos.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21