banner
publicidade
publicidade

Após união de Aécio e Marina, Dilma afirma que não crê em transmissão de votos

Foto: Divulgação/Roberto Stuckert Filho/PR
Neste domingo (12), a candidata à reeleição, Dilma Rousseff (PT), afirmou em um evento na zona leste de São Paulo que “não acredita em transmissão de votos” após a declaração de Marina Silva (PSB) sobre o apoio no segundo turno. De acordo com a petista, “o voto é de cada brasileiro”. A candidata derrotada pelo PSB, Marina Silva, declarou neste domingo que irá apoiar Aécio Neves (PSDB) no segundo turno da eleição presidencial. Ao ser questionada se a articulação da campanha não teria falhado ao não ter conseguido adquirir o apoio da ex-senadora, Dilma negou.
“Muitas pessoas de outros partidos vieram para a nossa campanha. Quem e  stá do lado do nosso adversário é porque respeita outro projeto que não é o nosso”, declarou ela. A candidata ainda reiterou que é contraria à independência do Banco Central e redução do papel dos bancos públicos no financiamento do crescimento econômico, propostas que, segundo ela, são bastante próximas. Após união de Aécio e Marina, Dilma afirma que não crê em transmissão de votos


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21