banner
publicidade
publicidade

ASSEMBLÉIA: SE ACIRRAM OS ÂNIMOS E RUPTURA DA BASE ALIADA PODE SE CONCRETIZAR

A bancada da oposição adiou para esta segunda-feira a decisão sobre quem vai apoiar na disputa pela presidência da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA). Enquanto isso, os principais líderes políticos da base aliada do governo se mobilizam para defender seus candidatos.

A posição do governador Rui Costa não está clara, mas seu partido, o PT, está fechado com a reeleição do atual Presidente e o senador Otto Alencar disse em declaração ao site bahia.ba que foi surpreendido pelo assédio de articuladores do governo aos deputados à favor de Marcelo Nilo. Alencar acusou o Chefe de Gabinete de Rui de telefonar para os deputados afirmando que o candidato do governo é Nilo.

Se não houver uma negociação mais ampla, é grande a possibilidade da ruptura na base aliada do governador ocorrer logo após a eleição, especialmente se o candidto do PSD/PP sair derrotado. A expectativa é que Jaques Wagner, que tem bom trânsito tanto no grupo de Otto quanto no de Nilo, articule uma solução de consenso, mas fontes na governadoria afirmam que ex-governador estaria fechado com o Presidente da Assembleia.

Nesse quadro a posição da bancada da oposição é cada vez mais estratégica e vai além da visão pragmática de ocupar cargos na Mesa Diretora, pois está em jogo a nova composição das forças políticas na Bahia.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21