banner
publicidade
publicidade

Atenções voltadas para escolha do presidente da Câmara de Guarapari

Com a indefinição de quando será a nova eleição em Guarapari, o presidente da Câmara que for eleito logo no início do ano será um dos fortes cotados para continuar no comando do Executivo, se assim preferir. Pelo menos é isso que vem sendo ventilado nos meios políticos da cidade. É que sem prefeito, o chefe do Legislativo assume o Executivo interinamente. Dependendo do prazo final para o registro de candidaturas, ele pode se candidatar e ser um dos fortes favoritos para a disputa.

História que se repete?
Situação parecida aconteceu nas eleições de Jaguaré, em 2004. Sem prefeito, o então presidente da Câmara, Rogério Feitani, assumiu o comando da cidade interinamente, entrou na disputa para ficar definitivo no cargo e acabou sendo eleito. Coincidentemente, agora foi eleito novamente para um novo mandato em 2013. Será que a história pode se repetir na cidade saúde?

Eleição que segue
Diante de forte realidade e chance de acontecer um “vale a pena ver de novo”, a briga pelo comando do Legislativo promete ser bem acirrada e não deve ser uma eleição como qualquer outra que já aconteceu na história do município. Estamos de olho!

Eleição no Sul
A eleição para presidente da Câmara de Piúma também está gerando bastante conversas de bastidores. É que o vereador Geovane Meneguelle Louzada dos Santos está entre os cotados para concorrer ao cargo. No entanto, nos corredores do Legislativo a resistência a ele é grande, já que ele foi vice-presidente da Fundação Padre Luiz Maria, insitituição envolvida em um suposto desvio de dinheiro público no final do ano passado.

Dificuldade I
Se na Grande Vitória os trabalhos de transição tem sendo feitos de forma tranquila (pelo menos aparentemente), o mesmo não se pode dizer do interior do Estado. Em algumas prefeituras a troca de comando não tem sido nada harmoniosa para os que vão assumir o novo mandato.

Dificuldade II
Exemplo disso tem acontecido na prefeitura de Anchieta. Lá, o prefeito eleito Marcos Assad diz que não está conseguindo ter acesso às informações da prefeitura porque o atual prefeito, Edvaldo Petri, tem dificultado a divulgação dos dados. Ele chegou a dizer, inclusive, que caso o impasse continue vai acionar a Justiça para resolver o problema.

O jornalista Josué de Oliveira conta para os leitores tudo o que acontece nos corredores dos Três Poderes do Espírito Santo.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21