banner
publicidade
publicidade

Bahia de Feira vence o Serrano na reabertura do Estádio Robertão

Bahia de Feira vence o Serrano na reabertura do Estádio Robertão

Teixeira de Freitas – O estádio Roberto Pereira de Almeida (Robertao) que foi reinaugurado na última quinta-feira 10/10 com o Serrano Esporte Club e Bahia de Feira com início às 20 horas, diante de um bom público que compareceu ao estádio para prestigiar este grande jogo válido pela Copa do Governador do Estado, quando no jogo o Serrano mostrou ser uma equipe muito aguerrida do começou ao fim mais a equipe do Bahia de Feira talvez por ser uma equipe com mais experiência partia sempre para o contra-ataque com muito perigo e num deste contra-ataque foi que nasceu o primeiro gol do Bahia de Feira através do atleta Cacule camisa de número 10 aos 38 do primeiro tempo resultado este do primeiro tempo. Mesmo saindo derrotado na primeira etapa a equipe do Serrano teve 2 grandes oportunidades através do atacante Vagner que foi defendido pelo goleiro Rodolfo do Bahia de Feira. O primeiro tempo foi bastante equilibrado com as duas equipes sempre em busca do gol, principalmente o Serrano querendo mostrar serviço para os torcedores teixeirenses.

Na segunda etapa, o Serrano trocou de uniforme e veio com duas alterações efetuadas pelo técnico Rafael Barcelos que promoveu as entradas de Guguinha no lugar de Tanaka, e Alemão na vaga de Tarrachinha. Com as modificações o Serrano cresceu de produção. Porém, foi surpreendido mais uma vez pela equipe adversária que através de Carlinhos fez 2 a 0 para o Bahia de Feira, aos 26 minutos do segundo tempo. Logo após o gol, o técnico Rafael fez a última modificação colocando Geovane na vaga de Michel, para tentar ainda alguma reação. Pelo lado do Bahia de Feira, o técnico Merinho fez apenas 2 modificações, saindo Diego para a entrada de Carlinhos, e a saída de Willames que deu lugar Anderson. Tivemos ainda a expulsão do atacante Vagner, um dos principais jogadores do Serrano e desfalcará a equipe na próxima partida diante da Catuense, fora de casa, hoje, domingo, dia 13. O Serrano soma apenas 1 ponto ganho, em 2 jogos e precisa já contra a Catuense de um bom resultado para continuar com chances de classificação. Com a expulsão, o Bahia de Feria apenas administrou a partida e até o apito final do árbitro. Com a vitória, o Bahia de Feira chegou aos 6 pontos ganhos e terá pela frente neste domingo, dia 13, a equipe do Vitória da Conquista também fora de casa.

A partida teve um público pagante de 775 torcedores, tendo como público total 928 expectadores. A renda foi de R$ 11.625,00.

O Serrano foi a campo com Gilfrazio, Felipe, Jadson, Ronan, Joelson, Paulo, Michel, Jeferson, Wagner, Antônio e Eduardo. Técnico Rafael Soriano. O Bahia de Feira venceu com Rodolfo, Edson, Osmar, Allyson, Iuri, Jadson, Diego, Ananias, Willames, Cacule e João Neto. Técnico: Roberto Basílio.

Vista parcial da arquibancada que recebeu um bom público na reabertura do estádio Robertão.

Vista parcial da arquibancada que recebeu um bom público na reabertura do estádio Robertão.

 

 

 

 

Campeonato Baiano de Karatê Interestilos 2013

Teixeira de Freitas – A ASKATEF Associação de Karatê de Teixeira de Freitas, um das principais academias de artes marciais do extremo sul na conquista de medalhas na modalidade de karatê através do seu professor Shihan BRUCE, presidente da ASKATEF, Diretor de árbitro da FEBAKI, participaram do campeonato baiano de karatê interestilos realizado na  cidade de feira de Santana-ba, no dia 06 de outubro de 2013, com a  seleção teixeirense de karatê composta de 06 atletas por falta de patrocínio muitos dos nossos atletas de ponta não viajará para feira de Santana, o campeonato baiano de karate foi organizado pelas duas federações FKBA-FEBAKI as únicas que representa o karatê interestilos na Bahia filiadas a WUKF-CBKI-CNKI-. Mesmo com a falta de patrocínio mostramos mais uma vez a força do karatê teixeirense a força do nosso projeto social: Lutando e Educando de karatê do professor Bruce.

Classificação da seleção teixeirense no campeonato Baiano 2013

Categoria Mirim C 09 a 10 anos feminino faixa Verde a preta – Campeã Baiana 2013 Kata e Kumite, atleta Leticia Carvalho dos Santos; Categoria Mirim C 09 a 10 anos Masculino  faixa Verde a preta – Vice- Campeão Baiano 2013  Kumite, atleta Marcos Eduardo de Novais Lopes; Categoria infanto- juvenil A 13 a 14 anos Masculino faixa branca a azul – Campeão Baiano 2013 kumite atleta Miqueias Magalhães de Souza; Categoria infanto- juvenil B 13 a 14 anos Masculino faixa Verde  a Preta – 3° Lugar Kumite atleta João Felipe de Novais Lopes; Categoria juvenil B 15 a 17 anos Feminino faixa verde a preta – Campeã  Baiano 2013 kumite atleta Beatriz Pereira Galvão; Vice-campeã Baiano 2013kata equipe – Categoria juvenil B 15 a 17 anos Masculino faixa verde a preta – Campeão Baiano 2013 kumite atleta Ikaro Rocha Sales

Vice- Campeão Baiano 2013 Kata.

Agora a seleção teixeirense composta de 22 atletas do projeto social: Lutando e Educando de karatê do professor Bruce, estar treinado todos os dias para participar do campeonato brasileiro de karatê na cidade de Fortaleza-Ceara nos dia 01 a 03 de novembro 2013. Saída prevista para o dia 29 de outubro de 2013 da cidade de Eunápolis junto à seleção Baiana de Karatê Interestilos composta de 95 atletas convocando pela FEBAKI- Federação Estadual Baiana de Karatê Interestilos com sede na Cidade de Eunápolis-Ba através do Presidente Sensei Paulo José Chaves.

O professor Shihan Bruce ao lado dos atletas que disputaram Campeonato Baiano de Karatê Interestilos 2013 pela ASKATEF representando a cidade de Teixeira de Freitas.

O professor Shihan Bruce ao lado dos atletas que disputaram Campeonato Baiano de Karatê Interestilos 2013 pela ASKATEF representando a cidade de Teixeira de Freitas.

 

 

 

Após 6 anos Estádio municipal de Teixeira de Freitas é reaberto

Teixeira de Freitas – O novo Estádio municipal de Teixeira de Freitas dispõe de arquibancadas com capacidade para receber 3.200 torcedores, cabines para Imprensa, gramado de boa qualidade, Iluminação entre outras dependências e foi entregue a população esportiva na última quinta feira dia 10 de outubro de 2013, contudo o empreendimento ainda não está com 100% das suas obras concluídas. Este empreendimento construído pelo Governo do Estado, em parceria com o Governo do Munícipio, contou com 90% da verba estadual e cerca de 10% dos investimentos do Governo municipal.

O antigo Estádio do DERBA que depois passou a se chamar Robertão, durante muitos anos teve apenas o gramado que foi construído no inicio dos anos 70.  Em 1976 recebeu o primeiro campeonato amador local, e durante mais de três décadas sediou centenas de campeonatos importantes; Pelo velho gramado na época o melhor da região, desfilaram craques inesquecíveis, o velho Robertão foi palco de grandes jogos, entre os quais recebeu a seleção Brasileira de Cobras em 1991, quando esteve presente Jairzinho (O Furacão da Copa 70) e até o time Júnior do Flamengo do Rio de janeiro, com a presença do jogador que acabaria ficando famoso Iranildo; craques como Peu, ex-Flamengo, Geovane ex-Vasco, entre outros, por aquele gramado mostraram o seu talento. O nome Estádio Roberto Pereira e Almeida, (Robertão) foi um nome alusivo ao engenheiro do Derba, Dr. Roberto, responsável pela construção do campo que o construiu segundo conta a história, com a intenção simplesmente de oferecer um local para o lazer dos funcionários da empresa Estatal DERBA.

Após começar a ser usado pelos funcionários da empresa, Derba (Departamento de Estradas e Rodagens da Bahia) que estava a serviço das obras de construção da BR 101, o campo gramado foi chamado durante muitos anos de campo do Derba, e passou a ser usado também pelos desportistas do município de modo geral, a partir de 1974, pois o local onde os jogos eram realizados até esta data, início de 1975 era um terrão, que se situava na Avenida Antônio Carlos Magalhães em frente ao atual Mercado Municipal, (Mercadão) local onde o time do Brasil e a Portuguesa, os dois primeiros times famosos do povoado atuavam, o local também era utilizado para pouso de pequenas aeronaves. CEFBOL (Clube Estudantil de Futebol) e o Palmeiras dois pioneiros no futebol da época do campo do DERBA eram dois dos mais famosos times da ocasião nos meados dos anos setenta entre outros, a exemplo de Bahia, Lord, Ipiranga, Industrial, Divilan, Carvoeira (depois União) Guarani, Monte Castelo, e diversos mais jovens que foram surgindo, como, Liberdade, Grêmio, Internacional, Nacional, Castro Pneus, EMARC, A Esportiva, Comercial, Tiradentes, Ajax, Bahia Sul, Independente, entre outros, realizaram grandes combates no velho Estádio, e Dezenas de amistosos e torneios com times da região e até grandes equipes profissionais, foram disputados ali.

No inicio o campo não tinha arquibancada, e era cercado de ripas. A partir de 1975 o ex-desportista, árbitro de futebol, professor, que posteriormente passaria a ser empresário, e politico, Ex-deputado, o saudoso “Mauricio Cotrim” criou a primeira Liga barbante tendo como seu braço direito, o hoje radialista Amadeu Ferreira e a partir daquele ano se iniciou os primeiros campeonatos do povoado de Teixeira de Freitas, que tinha pouco mais de 15 mil habitantes. Nesta época se construiu as primeiras arquibancadas de madeira num esforço concentrado entre alguns empresários, como o próprio Mauricio Cotrim (Em memória) Sebastião Dorneles (Ribon) Deusdete Moreira Alves (em memória) Rodolfo Scarton, Heriberto Matos (AG) Jason da Pianna, com apoio de Júlio Vasconcelos, Alceu Gonçalves, Amadeu Ferreira, entre outros desportistas e empresários da época, e um simples vestiário que nos anos seguintes foram sendo ampliados mediante o crescimento do futebol, até a emancipação do povoado e a eleição do primeiro prefeito em 1985. Na gestão do primeiro Prefeito, Timóteo Brito, foram feitos, os muros, alambrados, vestiários um pouco melhores e outras dependências, e posteriormente até iluminação e irrigação construídas em outras gestões com recursos e apoio de empresários da época e verbas angariados pela própria Liga de futebol nos anos do projeto dos Bingos da Liga, tudo isso durou até 2007 quando o velho estádio foi desativado, pelo então Secretário de esporte, Érico Cavalcante, na gestão do prefeito Padre Aparecido.

O velho Robertão sediou inúmeros campeonatos de sucesso organizados pelas LFTF, após a sua fundação em 1987 e a sua filiação a FBF em 1992, quando a partir desta data a seleção da cidade começou a disputar o campeonato Intermunicipal. Em 1995 se fundou o time profissional, AATF (Associação Atlética Teixeira de Freitas), que competiu por cinco anos disputando o campeonato baiano de acesso, e pelo velho campo de futebol com suas arquibancadas e cabines de Rádio de madeira, desfilaram vários times profissionais.

O projeto de construção do Estádio foi iniciado em 2009, poucos meses após de ter sido prometido em Praça publica pelo Governador do Estado Jaques Vagner, mediante manifestação feita pelo radialista Amadeu Ferreira e pelo desportista Beija Nega naquele dia. O ainda Deputado Estadual Getúlio Ubiratan, teve participação ativa e porque não dizer decisiva nesta conquista. Ao discursar de forma frenética para os todos os presentes, entre os quais vários políticos, que estavam naquele palanque, Getúlio Ubiratan proferiu mais ou menos as seguintes palavras. “Senhor Governador, ali está o radialista Amadeu Ferreira, este homem senhor Governador, é o desportista que luta incansavelmente pelo esporte do município, e ele veio aqui senhor Governador, para ouvir o senhor prometer o Estádio para Teixeira de Freitas” Beija Nega e Amadeu Ferreira em frente ao palanque; erguiam uma pequena faixa, com os dizeres “Senhor Governador, por favor, ajude o nosso Esporte”. Os gritos de, Beija Nega, que atrapalhava a fala do Governador, foi o tiro de misericórdia que faltava para o sim do Governador Jaques Vagner, prometer a construção do Estádio, após ser obrigado a paralisar várias vezes o seu discurso pelo fato da algazarra aprontada pelos dois que passaram a ser incentivados por outras pessoas presentes. Jaques Vagner disse três ou quatro vezes, vocês estão atrapalhando meu discurso; depois eu falo do Estádio. E logo a seguir a promessa iria ser feita.

O Governador Jaques Vagner na ocasião esteve em Teixeira de Freitas, para inaugurar e garantir algumas benfeitorias relacionadas à saúde, ele que não veio para tratar nada relacionado a obras do Estádio, disseram algumas autoridades na ocasião, no entanto a pressão surtiu efeito, ele se deslocou até o fundo do palanque e ligou para o Diretor Geral da Sudesb, Raimundo Nonato (Bobô) e voltou ao microfone e disse mais ou menos assim, Acabo de ligar para Bobô, e perguntei a ele, “Você tem dinheiro em caixa para construirmos um Estádio em Teixeira de Freitas Bobô”? E ele respondeu que sim, e eu digo a vocês, eu vou construir o Estádio em Teixeira de Freitas.

Foram logos meses de espera, angustia e aflição, e mesmo com toda a discórdia, irregularidades, promessas não cumpridas pelas duas gestões, e a demora exagerada na conclusão da obra, finalmente a mesma está sendo entregue a população. Apesar da obra não ter a amplitude que necessitamos pelo fato do desenvolvimento e crescimento populacional do nosso município devemos agradecer a Deus pela inauguração da mesma. Espera-se que a população esportiva teixeirense tenha prioridade para usufruir desse beneficio, afinal de contas à mesma nasceu da paixão popular de pessoas que amam o esporte e tem serviço prestado a esta modalidade, entre outras, ha mais de três décadas. A inauguração oficial será feita dia 21 deste mês pelo Governador do Estado Jaques Vagner. Da – Redação do Jornal Tribuna do Esporte Com informações e arquivo – Rádio Difusora AM – Márcio Ferreira

 

 


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21