banner
publicidade
publicidade

BRASIL FATURA 60% MAIS COM VISITA DO PAPA DO QUE COM COPA DAS CONFEDERAÇÕES


A JMJ (Jornada Mundial da Juventude) foi mais rentável para o país do que a Copa das Confederações. O evento católico movimentou cerca de 60% mais dinheiro na economia brasileira do que o torneio de futebol da Fifa, segundo estudo feito pela Embratur (Instituto Brasileiro do Turismo).

Embora atraiam públicos diferentes e tenham suas particularidades, a JMJ e a Copa das Confederações marcaram o ano como os dois grandes eventos que o Brasil recebeu e, por isso, foram lembrados pela Embratur em seu estudo.

Impulsionados pela primeira visita do Papa Francisco ao Brasil, cerca de 3,5 milhões de católicos estiveram no Rio de Janeiro entre 23 e 28 de julho para a JMJ. Dados da Embratur revelam que o evento movimentou R$ 1,2 bilhão na economia brasileira.

O Comitê Organizador Local da JMJ calcula que foram gastos cerca de R$ 350 milhões com a preparação da estrutura para receber o papa e os turistas. O dinheiro veio de doações de peregrinos, parcerias com empresas e venda de produtos licenciados.

O poder público investiu cerca de R$ 30 milhões no projeto, de acordo com dados oficiais. A verba foi utilizada para melhorar a infraestrutura urbana e o acesso ao Campus Fidei, em Guaratiba, local onde aconteceu parte das atividades da JMJ.

Já a Copa das Confederações rendeu R$ 740 milhões, segundo a Embratur, e atraiu cerca de 250 mil turistas entre 15 e 30 de junho nas seis cidades-sede do torneio. Os seis estádios utilizados na competição custaram cerca de R$ 5 bilhões. As informações são do Uol.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21