banner
publicidade
publicidade

Brasil perde por 2 a 0 para o México

Pouco inspirado, o Brasil passou longe de repetir contra o Méxixo neste domingo no Cowboys Stadium, em Dallas, nos Estados Unidos, as grandes atuações diante da Dinamarca e da seleção americana. O brasileiros foram derrotados pelos mexicanos por 2 a 0.

 

Apesar de mais posse de bola durante todo a partida, a Seleção Brasileira foi pouco criativa. Já a equipe rival acertou contra-ataques e resolveu o jogo com gols de Giovani dos Santos e Chicharito Hernández.


México abre dois gols de diferença

 

O Brasil começou o jogo atacando o México. Logo aos dois minutos, Hulk arrancou com a bola e chutou, mas a redonda bateu na defesa rival. Na sequência, Marcelo finalizou de primeira e isolou. O time verde e amarelo chegou a balançar a rede do adversário, mas a arbitragem anulou corretamente o gol de Leandro Damião aos nove minutos.

 

Apesar de mais posse de bola, a Seleção Brasileira criava poucas chances. Em uma delas, aos 19, Hulk invadiu a área e caiu pedindo pênalti, só que o arbitro acertou mais uma vez e mandou seguir. Dois minutos depois, veio um duro golpe. No primeiro lance de perigo dos mexicanos, a equipe da América do Norte fez 1 a 0. Giovani dos Santos fez boa jogada pela esquerda e tentou o cruzamento, porém a bola foi direto para o gol e encobriu Rafael.

 

Os brasileiros resolveram arriscar de longe, já que estava difícil furar a zaga mexicana. Marcelo tabelou com Oscar, bateu de fora da área e mandou pela linha de fundo. Mas o drama canarinho aumentou aos 32 minutos, após Juan fazer pênalti em Giovani. Chicharito cobrou no canto esquerdo de Rafael e ampliou o marcador para 2 a 0.

 

Em seguida, os comandados de Mano Menezes quase diminuíram a vantagem. Neymar bateu escanteio e Damião cabeceou perto da meta. Aos 41, Oscar acertou um lindo chute de longe, mas parou na grande defesa de Corona. Nos acréscimos, Hulk cobrou escanteio, a bola desviou, Juan emendou de primeira e o arqueiro salvou.


Brasil cria poucas chances e sai derrotado pelo México

 

O Brasil levou um susto logo no início da segunda etapa. Por muito pouco, o México não fez 3 a 0 com Chicharito. Zavala recebeu na área e cruzou para o atacante, que dividiu com Juan e mandou a bola rente à trave direita. Em seguida, o time canarinho foi para o ataque com o meia Oscar. Ele invadiu a área e caiu pedindo pênalti do goleiro, mas nada foi marcado.

 

Aos 16, mais uma vez os mexicanos assustaram os brasileiros. Chicharito lançou De Nigris, que tentou de primeira e mandou pela linha de fundo. Quatro minutos depois, Lucas que entrou no decorrer do tempo complementar arriscou de fora da área, porém a redonda desviou e saiu rente à trave.

 

A pressão brasileira aumentava, mas a equipe rival era forte nos contra-ataques. Aos 28, Neymar cobrou falta, Juan escorou e Bruno Unini, que entrou no lugar de Thaigo Silva, finalizou para grande defesa de Corona. Em seguida, a equipe da América do Norte saiu rápido e quase marcou o terceiro feito. Chicharito tocou para De Nigris, que chutou e Rafael salvou. Aos 31, Hulk cruzou e Alexadre Pato desperdiçou sozinho na cara do gol.

 

Uma confusão tomou conta da partida aos 36 minutos. Neymar bateu boca com Moza, que acertou um tapa no pescoço do brasileiro. O árbitro deu cartão amarelo para os dois. Nos minutos finais, a Seleção Brasileira ainda tentou com Neymar, mas ele cobrou a falta nas mãos do goleiro no último lance do jogo.
Ficha Técnica:

Brasil 0 x 2 México

Local: Cowboys Stadium, em Dallas (EUA)
Data: 03/06/2012
Horário: 16h
Árbitro: Mark Giger (EUA)
Auxiliares: Sean Hurd (EUA) e Joe Fletcher (EUA)
Cartões Amarelos: Marcelo e Neymar (Brasil); Salcido, Meza e Torres (México);

Gols: Giovani dos Santos 21/1°T (México) e Chicharito Hernandez 32/1°T (México)

Brasil: Rafael Cabral, Danilo, Thiago Silva (Bruno Uvini), Juan e Marcelo; Sandro (Lucas), Rômulo e Oscar (Casemiro); Neymar, Hulk e Leandro Damião (Alexandre Pato).

México: Corona, Meza (Jiménez), Rodriguez, Salcido e Torres; Zavala, Barrera (Andrade), Moreno e Guardado (Reyna); Giovani dos Santos (Aldo De Nigris) e Chicharito Hernández (Edgar Lugo).


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21