banner
publicidade
publicidade

Caixa-dois é prática histórica no país, diz Cardozo a Moro

José Eduardo Cardozo fala sobre delação do senador Delcídio

Ex-ministro José Eduardo Cardozo: ‘Caixa-dois é prática histórica e recorrente’ (Foto: Fotos Públicas)

Caixa-dois é prática histórica no país, diz Cardozo a Moro

Ouvido durante 20 minutos no âmbito da Operação Lava Jato, ex-ministro minimiza a prática em campanhas eleitorais e blinda ex-presidente Dilma

Em depoimento de 20 minutos ao juiz Sérgio Moro, nesta segunda-feira (13), o ex-ministro da Justiça José Eduardo Cardozo disse que o uso do chamado caixa-dois em campanhas eleitorais “é fruto de um sistema político anacrônico”. Segundo ele, a prática não está necessariamente associada a ato de corrupção ou lavagem de dinheiro e é “histórica e recorrente”.

Em declarações à imprensa, após o depoimento, Cardozo disse ter respondido a perguntas do advogado de defesa do também ex-ministro Antonio Palocci e prestado esclarecimentos ao juiz Moro. Optou, entretanto, em silenciar sobre detalhes do que foi tratado, justificando que o processo tramita sob sigilo – caso infringisse as normas, poderia ser penalizado, observou.

Perguntado sobre supostas ilegalidades na campanha de 2014, o ex-ministro lembrou que não participou do processo, mas avalizou a “postura rígida” da ex-presidente Dilma Rouseff contra o recebimento de dinheiro ilegal.

Palocci – Defensor de Palocci, o advogado José Roberto Batochio demonstrou satisfação ao final da audiência. Acredita que os depoimentos foram favoráveis ao seu cliente, embora alguns dos depoentes tenham admitido ter ouvido que “o italiano” das planilhas do chamado departamento de propinas da Odebrecht era o ex-ministro da Fazenda e da Casa Civil.

Foi ouvido também nesta segunda-feira, por videoconferência, no Fórum Criminal de São Paulo, o empresário Emílio Odebrecht, dono do grupo Odebrecht e pai do ex-presidente do grupo Marcelo Odebrecht – condenado a 19 anos e quatro meses de prisão por participação no esquema investigado pela Operação Lava Jato.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21