banner
publicidade
publicidade

Câmara busca consenso entre Vigilância Santária e donos de farmácia

Na sessão ordinária desta terça-feira(12), um assunto veio à tona durante o uso da tribuna: o trabalho da Vigilância Sanitária do município. O problema é que donos de farmácias procuraram os vereadores de Teixeira de Freitas e reclamaram de excessos e falta de respeito, por parte da responsável pelo setor,Rosana Vaz de Campos quando determinou o fechamento de alguns estabelecimentos que não estavam com farmacêutico de plantão em horários específicos. Os donos de farmácia alegam que necessitam de um tempo maior para se adequação  às exigências da Vigilância Sanitária, porém, não está havendo flexibilidade, garantem os comerciantes.

Entendendo a importância de um consenso entre Vigilância e donos de farmácia,a Casa Legislativa se reuniu com a Sra. Rosana Vaz de Campos e deixou claro que a Lei realmente precisa ser cumprida,mas um TAC- Termo de Ajustamento de Conduta,nesse caso incluindo o Ministério Público, poderia ser assinado com prazo determinado para adequação à Lei. Uma proposta que não agradou muito ao departamento de Vigilância Sanitária e em função dessa negativa a maioria dos vereadores


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21