banner
publicidade
publicidade

Caravelas estampa a coleta seletiva de materiais recicláveis como vitrine do trabalho ambiental realizado no município

A destinação correta dos resíduos sólidos urbanos é mais uma ação de sucesso, compartilhada através do Programa Municipal de Educação Ambiental, com várias atividades comemorativas da semana nacional do meio ambiente.

Além de exercer e fomentar a consciência ambiental, contribuindo para preservar remanescentes da fauna e da flora da Mata Atlântica, a coleta seletiva está impulsionando a reutilização (na produção de vassouras pet) e o reaproveitamento (na confecção de sabão, com restos de óleo).

Prestes a completar dois anos de implantação, a coleta seletiva em Caravelas já retirou mais de 120 toneladas de lixo do meio ambiente. Um número significativo de material, que levaria muitos anos para se decompor e que, ao contrário de ser um problema para a grande maioria dos municípios país à fora, está se transformando em fonte de renda, em uso sustentável e enchendo de orgulho o povo caravelense.

Foi, justamente, esse trabalho, realizado no dia-a-dia, que foi apresentado nesta quinta-feira (02) para alunos das redes públicas estadual e municipal, estudantes universitários, jornalistas, vereadores, empresas de consultoria e muitos outros admiradores do trabalho ambiental realizado em Caravelas.

O evento ainda contou com a presença do Prefeito de Caravelas, Silvio Ramalho; do Vice-Prefeito, Doutor Adauto; de secretários municipais; do Presidente da Câmara Municipal de Vereadores, Gilmar de Souza, e dos vereadores, Marcelo Sangue B, Alencar, Jair dos Mariscos, Borê e Adalírio, além da CMontovaneli Solução Ambiental, Consórcio Construir, Vb Ambiental, ICMBio e Wilzilene Gonçalves (Relações Institucionais da Suzano Papel e Celulose S/A), dentre outros.

Os convidados conheceram de perto todo o processo de coleta, realizado com a passagem de um caminhão exclusivo na seleção de material reciclável, em diferentes dias da semana, pelas ruas de Caravelas, Ponta de Areia e Barra de Caravelas.

Tudo que é recolhido nesse trajeto é levado para a usina, onde passa pela triagem e compostagem, numa parceria mantida entre a Prefeitura de Caravelas e a Associação de Moradores, Marisqueiros, Pescadores, Extrativistas e Catadores de Ponta de Areia (AMMPECPA).

O funcionamento de toda essa engrenagem surpreendeu a professora do Colégio Polivalente de Caravelas, Aniela Moretti Manso. “Estou impressionada com tudo o que está acontecendo em Caravelas, com a transformação e com o exemplo de sustentabilidade ambiental para o resto do país”, falou.

Para a Secretária de Meio Ambiente, Edinéia França, “O pioneirismo de Caravelas se deve à elevada cultura ambiental da população e do trabalho de muitos multiplicadores no processo de preservação do meio ambiente”, destacou.

Idealizador desse projeto, ainda quando era secretário municipal de planejamento, por volta do ano 2004, o atual prefeito de Caravelas se emocionou. “É uma satisfação ver que uma ideia nossa, um sonho antigo se tornando realidade e mudando a vida das pessoas”, disse emocionado.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21