banner
publicidade
publicidade

Carmem Lúcia vai receber título de cidadã do Espírito Santo

A decisão da ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Carmem Lúcia de suspender a Lei dos royalties de petróleo deixou os capixabas aliviados e muito agradecidos, já que, apesar de liminar, a posição da ministra mostra inconstitucionalidade do projeto e evita perdas de R$ 10 bilhões para os cofres do Estado até 2020. Na Assembleia, os deputados elogiaram a postura de Carmem Lúcia. O pedetista Da Vitória não perdeu tempo e vai conceder o título de cidadão espírito-santense à ministra. “O Espírito Santo aplaude essa ministra que se insurgiu contra a decisão desonrosa do Congresso Nacional”, disse. Viva Carmem Lúcia!!!

Troca de ataques
Depois de receber ataques de vereadores de Colatina, o deputado Da Vitória decidiu rebater as críticas da oposição das quais vem sendo alvo. Do plenário da Assembleia, o pedetista disse que não tem rabo preso e que se os ataques continuarem vai vir “chumbo grosso por aí”. Aliás, a expressão “rabo preso” tem sido usada com bastante frequência no Legislativo.

Chuva no ES
Na Câmara de Vitória, o vereador Devanir (PRB) até que tentou, mas não conseguiu suspender a sessão que era realizada para apreciação dos projetos da pauta. Ele fez o pedido para que os parlamentares pudessem acompanhar nos bairros os prejuízos causados pelas chuvas no Estado. Mesmo com a sessão mantida, um grupo acabou se retirando do plenário.

Chuva no ES
Diante do caos que se transformou a Grande Vitória, os prefeitos de Cariacica, Geraldo Luzia, o Juninho (PPS); de Vitória, Luciano Rezende (PPS); e de Vila Velha, Rodney Miranda (DEM), deixaram o gabinete e foram para as ruas enfrentar os problemas causados pelas enchentes. Colocaram o pé na lama e sentiram na pele o que a população sofre com os alagamentos.

Chuva no ES
Parece que a chuva também prejudicou os trabalhos na Assembleia. Às 16h30 a sessão caiu por falta de quórum. Dos 30 deputados estaduais, apenas sete estavam no plenário neste horário. Sem contar as várias goteiras que tomaram conta das dependências da Casa. A portaria principal ficou fechada, baldes e jornais foram espalhados pelo chão para conter as águas de março…

Chuva no ES
Por uma decisão do presidente da Assembleia, Theodorico Ferraço (DEM), os servidores que moram em Vila Velha foram dispensados mais cedo do trabalho para que não ficassem presos nos alagamentos na volta para casa. Às 16 horas quem precisava atravessar a Terceira Ponte já tinha ido embora. Não foi fácil para ninguém…

O jornalista Josué de Oliveira conta para os leitores tudo o que acontece nos corredores dos Três Poderes do Espírito Santo.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21