banner
publicidade
publicidade

Casagrande sai de cena e Givaldo assume crise com estudantes

No primeiro dia do protesto de estudantes, o governador Renato Casagrande (PSB) só ficou sabendo da baderna que se transformou as escadarias do Palácio Anchieta de longe, em Brasília, onde cumpria agenda oficial. Com isso, quem assumiu a crise foi o vice, Givaldo Vieira (PT), seu primeiro teste de fogo desde que assumiu a função. A decisão de mandar a PM usar a força para acabar com a confusão foi criticada, já que o petista tem suas bases em defesa dos movimentos sociais. Por outro lado, toda uma população não podia ficar refém de um grupo de desordeiros. No dia seguinte, mesmo com Casagrande no Estado, foi Givaldo quem teve que resolver o impasse. Em reunião com líderes estudantis cedeu aos pedidos de negociação, mas garantiu que o Governo, com mão de ferro, não iria tolerar a baderna. Decisão acertada!

Sem quórum
O debate sobre a reforma política, previsto para acontecer na Assembleia Legislativa que aconteceu na sexta-feira, às 9 horas, acabou sendo esvaziado. É que o presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-ES) ofereceu um café-da-manhã ao presidente da Comissão Especial de Reforma Política da Câmara Federal, deputado Almeida Lima (PMDB-SE), e o do vice-presidente, deputado William Dib (PSDB-SP). O evento só começou com uma hora e meia de atraso.

Moqueca de novo
No seu discurso, o presidente da Assembleia, Rodrigo Chamoun (PSB), fez um pedido ao deputado Lima. Sugeriu que ele e sua esposa não deixem o Espírito Santo sem comer a moqueca capixaba, prato tradicional e que sempre é oferecido sempre a alguma autoridade que visita o Estado.

Haja coração
Chamoun lembrou que o presidente da comissão da Reforma é cardiologista e que é preciso ter um coração forte para conduzir esse debate quente, que são as mudanças políticas almejadas pela população brasileira. No final, pediu para que ele cuidasse bem do seu para liderar a discussão até a sua conclusão.

Eleição 2012
O presidente da Casa disse ainda durante seu discurso, que apesar de estarmos a pouco mais de um ano para as eleições 2012, seria hipocrisia dos deputados afirmar que não estão dividindo seu tempo de mandato com questões voltadas para a corrida eleitoral. Assumiu ainda que quem perde com isso é a população. Sinceridade é isso!

Confirmação
Está confirmada para esta segunda-feira (6) a palestra da poetisa e atriz Elisa Lucinda, que vai falar sobre educação e cultura, além de um novo modelo de gestão para o município de Vila Velha nessas áreas. O evento é promovido pelo Movimento Nova Vila Velha, que tem nos seus quadros diversos políticos da cidade!

*O jornalista Josué de Oliveira conta para os leitores tudo o que acontece nos corredores dos Três Poderes do Espírito Santo.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21