banner
publicidade
publicidade

CETO e 1ª CIA prendem dupla suspeita de assassinar vendedor de joias e roubo insinuante

 CETO e 1ª CIA prendem dupla acusada de assassinar vendedor de joias após assalto a Insinuante

 

Escrito por Edvaldo Alves

Teixeira de Freitas: Nossa equipe de reportagem publicou uma matéria em primeira mão, com informações sobre o assalto a uma loja de joias, ocorrido por volta das 08h14, desta terça-feira (05). Começamos o texto ressaltando a ousadia dos criminosos, que vem desafiando a sociedade e os órgãos de segurança pública de um modo geral. Os criminosos são provaveiss suspeitos na participação do roubo seguido de morte de um vendedor de joias que entrou na loja no momento do assalto e na tentativa de fugir do local, foi alvejado com um tiro na cabeça, morrendo em seguida.

 

A ousadia foi tão grande, que a dupla não se conteve com o assalto frustrado, seguido do assassinato de um inocente. No fim da tarde desta mesma terça-feira, a dupla tentou assaltar a Loja Insinuante, localizada há apenas 200 metros da loja de joias assaltada por eles nesta manhã. Funcionários perceberam a movimentação e acionaram a Polícia Militar. A dupla chegou a subtrair diversos celulares, colocando-os numa mochila. Rapidamente uma guarnição da 1ª Cia chegou ao local e solicitou reforço. Policiais da CETO imediatamente chegaram e fizeram o cerco à loja.

Os assaltantes renderam o gerente e outro funcionário, fazendo-os de reféns. Os policais mostraram força e tranquilidade e conseguiram negociar a entrega dos assaltantes, sem precisar dar nenhum tiro. Com a dupla a polícia encontrou uma pistola .40 prata, com 03 carregadores e uma pistola 380 preta, com 01 carregador. A dupla foi conduzida até a delegacia, onde foi apresentada ao delegado plantonista, Dr. Júlio Cesar, que ouviu os acusados, tomou as primeiras providências e encaminhará procedimento para uma investigação mais detalhada com o delegado titular, Dr. Marco Antônio.

Os assaltantes estavam em um Gol vermelho, placa NTD 6384 (Salvador/BA) e foram identificados como Alberto Bartolomeu da Silva, 36 anos de idade, morador da cidade de Lagoa, na Paraíba e Francisco Zenilton Freitas, 37 anos de idade, também morador de Lagoa. Na delegacia, a dupla informou que estava com mais dois colegas, identificados apenas pelo prenome de Damião (morador da Paraíba) e  Francisco (morador de Canavieiras). Estes últimos fugiram em um veículo Pálio, cor prata, segundo os comparsas presos.

O Alberto já respondeu por porte ilegal de arma de fogo e o Francisco, por tráfico de drogas. A dupla nega que tenha participado do assalto à loja de joias. Mas a polícia acredita que pelo menos o Alberto seja um dos assaltantes, devido às características físicas semelhantes a um deles. A Polícia Civil continuará as investigações na tentativa de solucionar este crime e prender a quadrilha.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21