banner
publicidade
publicidade

CHILE RETIRA VETO TOTAL PARA CARNE BRASILEIRA

CHILE RETIRA VETO TOTAL PARA CARNE BRASILEIRA
O Chile retirou neste sábado (25) o veto para importações de carnes brasileiras, mas manteve a suspensão para 21 frigoríficos após o escândalo que investiga um esquema de fraude na produção e comercialização de carne no Brasil. A informação também foi confirmada por Gerson Camarotti, colunista do G1.
A medida foi adotada após a viagem ao Brasil de inspetores do SAG para verificar a condição sanitária dos principais frigoríficos que exportam carnes para o Chile. O anúncio foi feito pelo Serviço Agrícola de Pecuária (SAG, na sigla em espanhol), que havia adotado o veto à carne brasileira na segunda-feira passada. O comunicado do SAG informa que “decidiu modificar a restrição de importação à carne brasileira, mantendo por precaução a suspensão das importações de carne bovina, suína e de ave a apenas 21 estabelecimentos que se viram envolvidos na rede de corrupção”.
Segundo informou ao G1 por e-mail o presidente da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Francisco Turra, o país já havia informando a embaixada na sexta-feira (24). Em 2016, o Chile importou US$ 441 milhões em carnes do Brasil. O Brasil é o segundo maior fornecedor de carne para o Chile com 37 mil toneladas anuais, superado apenas perlo Paraguai, com 39 mil toneladas, segundo o governo chileno. Em novembro de 2016, o Ministério da Saúde do Chile emitiu um alerta para a possível contaminação com parasitose de carne importada do Brasil, cuja venda e distribuição foi proibida. O alerta foi retirado uma semana depois.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21