banner
publicidade
publicidade

Colnago diz que seu retorno para Seag é especulação

Com o meio de campo embolado no jogo eleitoral, principalmente com o impedimento do PSB à filiação do ex-prefeito de Vila Velha Max Filho, surgirão informações de que o deputado federal Cesar Colnago (PSDB) estaria abrindo mão da sua vaga na Câmara para voltar para a Secretaria de Agricultura (Seag). O tucano diz que tudo é especulação, já que ele não teve nem tempo de esquentar a cadeira. Atualmente ele já ocupa vários cargos no Legislativo Federal e contra os boatos pesa o fato dele ser pré-candidato a prefeito de Vitória, o que deixaria ele na pasta por cerca de seis meses. É pouco tempo…

Ninho tucano
Depois de ver as portas fechadas do PSB, o ex-prefeito de Vila Velha Max Filho (PTB) pode ser abrigado no ninho tucano. Ele diz que mantém conversas com lideranças do PSDB, mas garante que ainda não foi discutido esse assunto após o desfecho polêmico sobre sua filiação no PSB.

Troca-troca
O presidente estadual do partido, deputado César Colnago, diz que não há movimentação para sua filiação, já que o convite já tinha sido feito há muito tempo e Max acabou preferindo ir para o PTB. Mas a favor do ex-prefeito tem o ex-deputado Luiz Paulo Vellozo Lucas (PSDB), que defende espaço para Max no partido.

Candidatura
O deputado federal Cesar Colnago diz que está conversando com todos os pré-candidatos com força eleitoral no município de Vila Velha, entre eles, o petebista Max Filho. A ideia é fortalecer o partido, que até então não tem nomes cogitados para entrar na disputa. Isso, claro, se Max não for o candidato do PSDB na cidade. Tem que esperar para ver…

Especulação
Nos bastidores, informações apontam que o PSDB de Vila Velha vai ter surpresas pela frente e a novidade seria a possível filiação de Max. O presidente municipal da sigla, Giuliano Nader, desmente a informação e diz que a filiação depende de uma conjuntura com a executiva municipal e regional. O foco agora, segundo Nader, é o fortalecimento da chapa de vereadores para a disputa eleitoral.

Bebida e direção
Nesta quarta-feira (14) será votado na Comissão de Constituição e Justiça do Senado projeto do senador Ricardo Ferraço (PMDB) que pede punição mais severa para motoristas que se envolvem em acidentes de trânsito e estão embriagados. A proposta criminaliza o condutor independente do seu teor alcoólico, ao contrário da Legislação atual.

*O jornalista Josué de Oliveira conta para os leitores tudo o que acontece nos corredores dos Três Poderes do Espírito Santo

 


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21