banner
publicidade
publicidade

Coluna de cultura : Por Ramiro Guedes

No último número e na estreia dessa coluna de Cultura, escrevemos sobre belos versos da MPB. Em próxima oportunidade voltaremos ao tema poesia na MPB. No número de hoje, vamos explorar outro filão, com a ajuda de Ruy Castro, em seu excelente Saudades do século XX. Nesse livro, Castro recorda os grandes artistas estrangeiros, da música e do cinema, biografando cada um dos escolhidos com engenho e arte. São muitos artistas, muitos espetáculos que ficaram na memória de um século rico na estética, apesar de sangrento e cheio de autoritarismo. A fala de seus artistas mostra o pensamento que eles cultuavam. Vamos lá.

Frank Sinatra, considerado o maior cantor do mundo em todos os tempos.

•     “Frank sempre foi chegado a gângsteres. Por isso, aliou-se a Nixon e Agnew. No gênero, não havia nada melhor.” (Shirley MacLaine, comentando o apoio que Sinatra deu a Humphrey, nas eleições presidenciais de 1968. Sinatra era democrata, de grande fidelidade a John Kennedy, mas odiado por Bobby, irmão de John, assassinado antes das eleições.)

•     “O álcool pode ser o pior inimigo do homem. Mas Deus mandou que amássemos nossos inimigos.” (Sinatra, perguntado por Dean Martin sobre o hábito de beber).

•     “Seria suposto ter um doutoramento sobre o tema da mulher. Mas a verdade é que sou frequentemente reprovado. Sou um apreciador de mulheres, admiro-as. Mas, como todos os homens, não as entendo.”(Sinatra, citando o final de sua relação tumultuada com Ava Gardner).

•     “A melhor vingança é um sucesso estrondoso.” (Sinatra, sobre as acusações de estar perfilado com a Máfia).

Mae West, a grande atriz e cantora americana, que sempre desrespeitou todos os cânones do americanwayoflife e ficou mais famosa ainda por suas frases, sempre fora do padrão:

•     “Aquele que hesita é um maldito idiota.” (Mae West, explicando por que jamais hesitou).

•     “Quando sou boa, sou muito, muito boa. Quando sou má, sou melhor.” (Mae, explicando seu coração).

•     “Ama o teu próximo – se ele for alto, moreno e bonitão, será muito mais fácil.”(Mae, sobre “ama teu próximo como a ti mesmo).

•     “Uma mulher só precisa de quatro animais na vida: uma raposa no armário, um tigre na cama, um Jaguar na garagem e um burro para pagar tudo isso.” (Mae, definindo a riqueza)

 

Billie Holiday, rainha da canção americana, famosa pela interpretação da canção “Strangersfruits”, onde os frutos estranhos eram negros enforcados pela KluKluxKlan. Precocemente destruída pelas drogas.

•     “Droga nunca ajudou ninguém cantar melhor ou tocar música melhor ou fazer algo melhor. Tudo que droga pode fazer por você é te matar – te matar lentamente, difícil caminho.” (Billie Holiday, feroz usuária de quase todas as drogas)

•     “Não posso suportar cantar uma música da mesma forma duas noites consecutivas, muito menos dois ou dez anos. Se você pode, então não é música, não é música.” (Billie, falando de seu jeito diferente de cantar).

•     “As pessoas não entendem o tipo de luta que é preciso para gravar o que você quer gravar do jeito que você quer gravar.” (Billie, lutando para gravar o que gostava).

Humphrey Bogart, mito do cinema americano, ficou famoso por Casablanca, entre outras dezenas de filmes que estrelou. Considerado feio e durão para os padrões de Holywood, marcou suas interpretações por um histrionismo que o consagrou na história da sétima arte.

•     “O problema com o mundo é que está sempre um drink atrás”. (Bogart, definindo a humanidade).

•     “Eu nunca deveria ter mudado de scotch para martinis” (Suas últimas palavras).

 

Estas são apenas algumas frases de artistas famosos, que marcaram o século XX. Voltaremos a esse tesouro.

 

Estas são apenas algumas frases de artistas famosos, que marcaram o século XX. Voltaremos a esse tesouro.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21