banner
publicidade
publicidade

Comerciantes querem abrir aos domingo

Defender o funcionamento do comércio aos domingos, como anunciado pelo presidente Jair Bolsonaro, é uma ideia que agradou em cheio os comerciantes baianos, tão preocupados com o andamento da economia e seus efeitos para a sociedade.

Depois do Sindicato dos Lojistas Comerciários do Estado da Bahia manifestar-se em apoio às iniciativas do goverrno de desonerar o emprego e a renda como está definido na Medida Provisória 881/19, outras entidades decidiram seguir a toada.

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Salvador e a Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas da Bahia (FDCL) distribuíram nota, manifestando preocupação com a decisão do Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região (TRT5Bahia).

A decisão, proferida na quarta-feira passada, em relação ao funcionamento do comércio nos feriados, afetaria o movimento das vendas num momento importante do comércio local, de acordo com a nota pública dos proprietários dos estabelecimentos.

“Razoabilidade” – Para os comerciantes, a decisão contraria a “razoabilidade em relação à necessidade de manutenção e geração de emprego e renda em nosso Estado, já fragilizado pela recessão econômica”.

– A proibição do funcionamento nos feriados só traz mais obstáculos ao comércio varejista e agrava ainda mais a situação de milhares de empreendedores e empresários, em sua maioria pequenos e médios – reclamam os empresários.

Assim como manifestou-se o presidente do Sindilojas, Paulo Motta, no dia anterior, também a Câmara de Dirigentes Lojistas e a Federação declararam-se de acordo com as medidas anunciadas pelo governo federal para supostamente reduzir o chamado “custo Brasil”.

“Tenho convicção de que melhora [a articulação com a saída de Onyx Lorenzoni da função]. Sempre afirmei que até então não existia articulação política. O que vier vai ser bom”


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21