banner
publicidade
publicidade

COMÉRCIO CORRE RISCO DE COMEÇAR 2017 DEMITINDO, DIZ MOTTA

As vendas do varejo baiano registraram crescimento de 1,8% em novembro, em relação a outubro. Já na comparação com novembro de 2015, o varejo caiu 7,5%. Com isso, acumula queda de 12,5% no ano, de janeiro a novembro de 2016, e de 12,6% em doze meses. Para saber os motivos do setor apresentar números tão pouco animadores o portal Bahia Econômica conversou com Paulo Motta, presidente do Sindicato dos Lojistas do Estado da Bahia, que afirmou que o setor vive em crise e existe a possibilidade de começar 2017 demitindo.
“Existe o acumulado negativo de todo ano de 2016 e continua refletindo no de Janeiro de 2017. O comércio não passa por um bom momento. Não podemos projetar no momento uma possibilidade de contratações e sim em se esforçar para manter o nível de empregos formais. Mais não afastamos possibilidade de demissões nesse primeiro trimestre” Motta ainda manteve a previsão de 2016 afirmando que o comércio deve recuar 9% esse ano, num primeiro momento. Como forma de solucionar essa questão Motta pede medidas emergências do governo
“Desonerar para as atividades produtivas o chamado custo Brasil que envolve reforma trabalhista, tributária e segurança jurídica. É necessário que efetive o negociado sobre o legislado na relação capital/trabalho. Que seja aprimorada Medida provisória de recuperação de créditos tributário com inclusão de descontos de multas juros e correções para os contribuintes possam adequar sua capacidade de adesão à grave situação do país, bem como usar os depósitos compulsório dos bancos para irrigar a economia com crédito e juros civilizados”,explica


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21