banner
publicidade
publicidade

COMISSÃO CRIADA PELA CÂMARA PODE ADIAR ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS PARA 2020

Uma comissão especial foi criada nessa quinta-feira (4), a partir de ato assinado pelo presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ). O colegiado vai analisar uma proposta de emenda constitucional (PEC) apresentada pelo deputado Marcelo Castro (PMDB-PI), que estabelece a simultaneidade nas eleições para todos os cargos majoritários, além da duração de cinco anos dos mandatos para os cargos de presidente da República, governadores, deputados federais e estaduais, prefeitos e vereadores. Senadores teriam um mandato de dez anos. A proposta do deputado Marcelo Castro (PMDB-PI), estava parada desde 2003. Nessa quinta-feira (4), ela passou a ter tramitação urgente na Câmara.
Se aprovada, a PEC permite a anulação das eleições presidenciais de 2018 e  mudança da disputa para 2020, ano em que haverá eleição para as prefeituras e câmara municipais. Dessa forma, o atual presidente Michel Temer (PMDB) estenderia o mandato por mais dois anos.
De acordo com o deputado Afonso Florence (PT), a manutenção de Temer no poder até 2020 seria um novo “golpe” a democracia. “Eu tenho convicção que não tem a mínima sustentação política, isso é um ardil, não vai passar, o povo quer eleição direta, temos que ter o compromisso com a democracia”, disse.
Já o peemedebista Lucio Vieira Lima nega que a intenção da análise da proposta seja o adiamento das eleições presidenciais. “A análise da PEC não significa o adiamento das eleições, na verdade não significa nem que esse tema vai ser debatido, é como a PEC da previdência onde o Arthur Maia fez mudanças. Não tem nada disso. É uma proposta para adiantar a reforma política, é uma proposta que teve a admissibilidade aprovada”, explicou.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21