banner
publicidade
publicidade

Comissão especial da Câmara aprova continuidade de impeachment de Dilma

Comissão especial da Câmara aprova continuidade de impeachment de Dilma

Processo foi aprovado por 38 a 27 e segue para votação no plenário na Casa

A comissão especial da Câmara dos Deputados aprovou o parecer do relator Jovair Arantes (PTB-GO), recomendando a continuidade do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, por 38 a favor e 27 contra. Eram necessários 33 votos favoráveis ao texto para que ele fosse aprovado.

Antes do início do debate, o presidente da comissão, Rogério Rosso (PSD-GO), o relator, Jovair Arantes e o advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo discursaram para o colegiado.

Jovair Arantes disse que a população “clama pelo processo de impeachment”. Já Cardozo defendeu que o processo de impeachment deveria se chamar “golpe de abril”

Os líderes partidários começaram, pouco depois das 14h, a orientar suas bancadas na votação do parecer.

Os líderes do PMDB, PSD, PHS, PP, PROS liberaram a bancada para votar de acordo com sua consciência; já os representantes do PSDB, PSB, DEM, PRB, PTB, SD, PSC, PPS, PV, PMB e PSL votaram a favor do processo. Os partidos PT, PDT, PCdoB, PSOL, PTdoB, PR, PEN, Rede e PTN são contra o relatório.

Durante o processo de impeachment de Collor, o parecer recomendando para seu impedimento foi aprovado, na comissão especial, por 16 votos a 5.

Agora o caso vai ao plenário da Câmara dos Deputados que votará o processo. Para ele ser encaminhado ao Senado 342 dos 513 deputados devem votar a favor.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21