banner
publicidade
publicidade

Compositor Bruno Caliman comemora Música do Ano ‘Camaro Amarelo’

Música do ano

Munhoz e Mariano (Foto: TV Globo/ Divulgação)Munhoz e Mariano (Foto: TV Globo/ Divulgação)

Munhoz e Mariano levaram o troféu pela música ‘Camaro Amarelo’. A dupla, que foi revelada pela Garagem do Faustão, agradeceu o prêmio.  “Nós temos quatro anos profissionalmente. Nosso nome saiu do Garagem do Faustão graças ao  público. Dedicamos o prêmio aos nossos familiares”, comenta Munhoz. O hit é sucesso em todo Brasil e está na boca da galera.

Perfil do Bruno Caliman
Filho de pai capixaba e mãe baiana, a “estrela anônima” #sóquenão Bruno Caliman, viveu parte de sua infância em Marilândia e Vila Velha, e hoje se rendeu ao tempero baiano, e vive sua vida na  cidade de Teixeira de Freitas, na Bahia. Pois é gente, sem mais delongas, estou falando do autor de grandes sucessos da música brasileira, como           “Locutor”, “Beber Cair e Levantar”, “Seu polícia “, “24 Horas”, “Já não sei mais Nada”, “Fiorino”, “Camaro Amarelo”. Essas são as mais famosas, mas o talentoso Bruno, tem um histórico gigante, de grandes sucessos.

Bruno começou a compor porque queria entrar numa banda de amigos em Itamaraju, na Bahia, mas como todas as vagas já estavam ocupadas, sobrou pra ele compor as canções, o que originou o titulo de “tocador” de papel e caneta rsrs pois sempre havia a dúvida das pessoas em saber o que ele fazia na banda, e sobrava pra ele a resposta: “Toco papel e caneta” rsrsrs
Mais jovem, Bruno tocou nas calçadas, barzinhos acompanhado apenas de seu fiel escudeiro, o violão, começou a gravar também, pequenos “jingles publicitários”, e de tanto ouvir que cada jingle criado deveria ser “tipo um chicletinho” – no sentido de ter que grudar, nesse caso, na mente das pessoas, não teve outro caminho, Bruno criou os sucessos que ouvimos hoje e que ficam em nossa mente. Segundo Bruno, o início de sua carreira, coincidiu com o novo “BOOM” da música sertaneja no Brasil e como eu ouvia muito Renato Teixeira, Almir Satur, Pena Branca e Xavantinho, ele acabou se identificando com essa turma, “fui muito bem recebido por  eles, fiz grandes amigos e parceiros”, afirmou o compositor. A lista de artistas consagrados que cantam suas músicas não é pequena, nada mais que Bruno e Marrone, Gian e Giovani, Ataíde e Alexandre, Gustavo Lima, Raça Negra, Guilherme e Santiago, Léo Magalhães, Aviões do Forró, Babado Novo, Inimigos da HP, Asa de Águia… e agora o Gabriel Gava, Munhoz e Mariano, Fred e Gustavo e mais recentementeMaria Cecília e Rodolfo.

Bruno se considera um cientista maluco, onde seu quarto é o seu laboratório, onde ele mistura as coisas pra ver se explode rsrsrs não é a toa que o artista tem músicas classificadas até em festivais de MPB, musicas gravadas na Espanha, Argentina e Portugal, além de trilhas sonoras de novelas. A mais nova é uma canção que ele criou para o filme“A onda da vida ” do Diretor Capixaba José Augusto Muleta.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21