banner
publicidade
publicidade

CONTAS DE LUZ NA BAHIA VÃO SUBIR 11,4% E SETOR INDUSTRIAL VAI PAGAR MAIS

A partir do dia 22 de abril os consumidores baianos atendidos pela Coelba vão ter de arcar com um aumento médio de 11,43% nas contas de luz. Nas residencias o aumento será de 10,45%,
O setor industrial, que já vem sofrendo com a crise, terá mais um aumento de custos, pois o reajuste para o setor será de 13,34% também na média. O aumento foi autorizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) nesta terça-feira (14).

Os índices aprovados pela Aneel funcionam como um teto, ou seja, o limite para o reajuste que a distribuidora pode aplicar. A empresa tem autonomia para repassar aos consumidores um percentual menor. Todos os anos, as distribuidoras passam por um processo de reajuste de suas tarifas, que pode levar a aumento ou queda dependendo do que for apurado pela Aneel.

Em 2015, porém, a agência vem autorizando reajustes altos devido ao encarecimento da energia no país nos últimos meses, provocado pela queda no nível dos reservatórios das principais hidrelétricas do país e o uso mais intenso de termelétricas (usinas que geram eletricidade pela queima de combustíveis como óleo e gás).

O ajuste fiscal feito pelo governo Dilma Rousseff com o objetivo de reequilibrar suas contas também contribui para os aumentos mais fortes nas contas de luz em 2015. Isso porque o governo decidiu repassar aos consumidores todos os custos com os programas e ações no setor elétrico, entre eles o subsídio à conta de luz de famílias de baixa renda e o pagamento de indenizações a empresas. Em anos anteriores, o Tesouro assumiu parte dessa fatura, o que contribuiu para alivias as altas nas tarifas.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21