banner
publicidade
publicidade

Crise aumenta ida de endividados ao penhor da Caixa

Carolina Paiva, Edição

O penhor da Caixa Econômica Federal movimentou R$ 7,2 bilhões em novos contratos e renovações no primeiro semestre de 2017. O número divulgado nesta terça (11) representa uma expansão de 11,3% em relação ao mesmo período do ano passado.

Linha de crédito sem burocracia, o penhor dispensa avaliação de risco de crédito. O cidadão que tiver um bem confeccionado em ouro, prata, diamantes, pérolas, relógio ou canetas de valor poderá levar a joia para uma avaliação especializada em uma das agências que operam o serviço no país e receber o dinheiro na hora.

Com taxa de 2,10% a.m., o penhor da Caixa pode ser renovado quantas vezes o cliente quiser. O empréstimo poderá chegar até 100% do valor do bem para clientes com conta-salário na Caixa e relacionamento com o banco. Depois de quitar o contrato, o cliente recebe seu bem de volta.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21