banner
publicidade
publicidade

CUNHA DIZ QUE “PEDALADAS” PODEM NÃO SUSTENTAR PROCESSO DE IMPEACHMENT

CUNHA DIZ QUE “PEDALADAS” PODEM NÃO SUSTENTAR PROCESSO DE IMPEACHMENT

O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), afirmou nesta quinta-feira (22) que a comprovação das chamadas “pedaladas fiscais” pode não ser motivo suficiente para a abertura de processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. Para ele, é preciso que fique comprovado que Dilma cometeu um ato que configure crime de responsabilidade.
“Tem que ter uma tipificação do ato de descumprimento da lei. O fato de ter existido a pedalada não necessariamente quer dizer que tenha havido o ato da presidente da República com relação ao descumprimento da lei. Ela pode ter sido feita por vários motivos. A pedalada pode ter sido ato de equipe. Mas eu estou falando em tese. Não tenho nenhum elemento”, afirmou Cunha. “Pedalada fiscal” foi o nome dado à prática do governo de atrasar repasses a bancos públicos a fim de cumprir as metas parciais da previsão orçamentária.
Em julho, Eduardo Cunha já havia dito que eventual rejeição das contas de 2014 da presidente “pode ou não” embasar pedido de afastamento da presidente.”O fato de as contas serem rejeitadas pelo Congresso pode ou não gerar sustentação pelo impeachment. Até porque estamos analisando contas de 2014. Acho que se as contas de 2015 tiverem esse tratamento, aí poderia gerar [impeachment]. Mas precisa ver o caso concreto”, argumentou o presidente da Câmara, em entrevista concedida no dia 16 de julho.
Cunha disse ainda que precisa agir com “cautela” na análise dos pedidos de impeachment. “O fato por si só de ter a pedalada não significa que tenha razão para pedido de impeachment. Tem que configurar que há atuação da presidente num processo que descumpriu a lei. Pode existir a pedalada e não existir o requisito do impeachment. Tem que ver qual o ato do próprio presidente. Tem que ter cautela”, disse.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21