banner
publicidade
publicidade

Delatores dizem que PCdoB, PP, PRB e Pros receberam caixa 2 em 2014

Delatores dizem que PCdoB, PP, PRB e Pros receberam caixa 2 em 2014

O total destinado pela Odebrecht a esses partidos chegou a cerca de R$ 30 milhões

Os depoimentos de três ex-dirigentes da Odebrecht ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) revelaram que o PT teria garantido apoio de partidos à chapa Dilma-Temer em 2014 às custas de dinheiro doado por caixa 2 pela empreiteira.

Além do PDT, que teria recebido R$ 4 milhões ilícitos, os a edição dessa sexta-feira do Jornal Nacional disse que os depoentes relataram repasses ao PROS, PCdoB, PP e PRB. Conforme as investigações da Lava-Jato, o total destinado pela Odebrecht a esses partidos chegou a cerca de R$ 30 milhões.

Esses partidos apoiaram a chapa Dilma-Temer e garantiram para a coligação mais tempo de horário eleitoral. Em seu depoimento à Justiça Eleitoral do Paraná, o ex-presidente do grupo, Marcelo Odebrecht, disse que também ajudou partidos como PR e PSD.

Até agora, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) já coletou depoimentos de três ex-executivos da empreiteira baiana na ação que pode cassar a chapa Dilma-Temer: Marcelo Odebrecht, Benedicto Júnior e Fernando Reis. Todos os partidos negam as informações de que teriam recebido caixa 2.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21