banner
publicidade
publicidade

Denúncia contra cunha tramita junto com a de fundos de pensão

O Ministério Público Federal requisitou e a Justiça aceitou que a nova denúncia contra a ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (PMDB-RJ) tramite no âmbito da Operação Greenfield, que apura irregularidades nos quatro maiores fundos de pensão do país: Funcef (Caixa), Petros (Petrobras), Previ (Banco do Brasil) e Postalis (Correios).
Nesta quarta-feira (26), Cunha, o ex-ministro Henrique Eduardo Alves (PMDB-RJ), o corretor de valores Lúcio Bolonha Funaro, seu ex-sócio Alexandre Margotto e o ex-vice-presidente da Caixa Fábio Cleto viraram réus após o juiz Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara do Distrito Federal, aceitar denúncia contra eles.
A acusação aponta a cobrança e o recebimento de propina por parte de empresas interessadas em obter empréstimos do Fundo de Investimentos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FI-FGTS). Indicado por Cunha para a Caixa, Cleto fechou acordo de delação premiada, e suas informações alimentaram o inquérito.  (G1)


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21