banner
publicidade
publicidade

Deputado baiano esclarece polêmicas e diz que já “queimou a rosca”

O programa Se Liga Bocão desta quarta-feira (18) contou com a presença do deputado estadual Pastor Sargento Isidório (PSB), que teve uma participação bastante polêmica. Logo no início da atração comandada por Zé Eduardo, com a presença de Fábio Mota, o deputado foi questionado se o PMDB teria traído o PT, partido do governador Jaques Wagner e que tem o apoio do entrevistado. O deputado afirmou que, em seu ponto de vista, realmente houve traição por parte do ex-ministro Geddel Vieira Lima, que deixou a base aliada para disputar o governo da Bahia, batalha onde foi derrotado por Wagner.

Partindo para os temas mais polêmicos, o apresentador quis saber se o parlamentar, representante dos interesses do povo, realmente era contra a realização do exame de próstata – toque retal, nos homens. “Na verdade fui mal interpretado na época. Eu não sou contra o exame, mas sim da forma como ele foi feito comigo. Eu cheguei lá (no hospital), o médico mandou eu abaixar a calça e do nada meteu o dedo”, afirmou justificando que “agora eu sei que tem uma cadeira especial”.

Após escutar um ouvinte dizer que não se sentia representado por ele nem por qualquer outro político, o deputado teve que pular outra fogueira. Dessa vez, Zé Eduardo questionou-o sobre seu posicionamento com relação ao homossexualismo. “Olha Zé, não sou contra os homossexuais. Mas sou contra o homossexualismo. A Bíblia diz que a mulher foi feita para o homem e o homem para a mulher”. Ele foi além: “a mulher tem a xereca e o homem tem o toco. Então tudo se encaixa”. O curioso, é que logo depois o deputado afirmou já ter “queimado a rosca”. “Eu era homossexual há 18 anos, mas encontrei o evangélio”, disse.

O pastor, que lidera a Fundação Dr. Jesus, instituição cujo objetivo é a recuperação de viciados em drogas como cocaína e crack, afirmou no Se Liga Bocão que há cerca de 18 anos, ainda na polícia, ele era viciado e planejava assaltos, mas que agora, recuperado, é criticado e encontra dificuldades para manter sua instituição. Mudando de assunto, questionado por um ouvinte através do twitter @falecombocao sobre o motivo da demora na aprovação da PEC 300/08, o deputado foi enfático: “você quer que eu fale a verdade? Essa PEC nunca vai ser aprovada”, afirmou. Vale lembrar que a PEC 300 cria um piso nacional para o salário dos policias e bombeiros militares, vinculado aos vencimentos da categoria no Distrito Federal (o maior do Brasil).

Em seu segundo mandado – no primeiro foi eleito pelo PT, o deputado Isidório é coordenador dada Assembleia Legislativa da Bahia, onde afirmou que vota sempre com o governo, justificando que Wagner tem a maioria na AL-BA e que o voto dele “não faria falta”. O deputado finalizou a entrevista agradecendo a oportunidade de se expressar e convidado aos que queiram que procurem e conheçam a Fundação Dr. Jesus, que fica na BR-324.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21