banner
publicidade
publicidade

Deputado cria polêmica ao defender previdência privada na Assembleia

paulo robertoO deputado Paulo Roberto (PMDB) causou polêmica na sessão desta terça-feira na Assembleia Legislativa. O peemedebista apresentou uma emenda a um projeto do Governo que estende aos deputados aposentadoria complementar. Na defesa, Paulo Roberto cita o deputado Cláudio Vereza (PT), que vai se aposentar após seis mandatos e ganhará o teto máximo do INSS que gira em torno de R$ 4 mil. A deputada Janete de Sá (PMN) foi contra, assim como o colega José Esmeraldo (PMDB). Para Janete, a emenda é um retrocesso e sugeriu que quem quisesse previdência complementar que procurasse o Banco do Brasil ou a Caixa Econômica Federal.

Polêmica
O temor é que a emenda fosse uma tática para ressuscitar o extinto Instituto de Previdência dos Deputados Estaduais. Esmeraldo disse que não colocaria a mão em cumbuca. Diante da polêmica, Paulo Roberto retirou a emenda alegando que os colegas estavam tomados por paixões eleitorais.

Só observando
E a deputada Janete de Sá percebeu o que todo motorista que passa pela Terceira Ponte já notou. Na tribuna da Assembleia, ela destacou a demora para se retirar carros com problemas na via. “Me parece um trabalho orquestrado para a população achar que era melhor quando tinha pedágio”. A parlamentar diz que está de olho!

Que situação
Operários começaram a consertar o teto da secretaria estadual de Desenvolvimento Urbano um mês após despencar e atingir alguns equipamentos. Só que os servidores reclamam que a situação está precária. Não tem rede de computadores e o serviço de limpeza nos banheiros está deixando a desejar. Na última segunda-feira nem água para beber tinha. Não está fácil…

Troca de farpas
A ministra do Planejamento Mirian Belchior esteve no Estado no último sábado e rebateu as críticas do ex-presidente Fernando Henrique Cardozo (FHC) de que o Governo Federal abandonou o Espírito Santo. Em conversa com militantes, ela disse que o tucano estaria “gagá” e “senil”.

Silêncio
Diante da declaração de José Agripino Maia, coordenador-geral da campanha do presidenciável Aécio Neves (PSDB), de apoiar a candidatura de Marina Silva (PSB), o ninho tucano capixaba prefere o silêncio. No partido, o assunto ainda não está sendo sendo discutido. Pelo menos não abertamente.

*O jornalista Josué de Oliveira conta para os leitores tudo o que acontece nos corredores dos Três Poderes do Espírito Santo.

 


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21