banner
publicidade
publicidade

Deu zebra na escolha do líder da Comissão de Finanças

dary_pagung___b3c7e853e3Depois de uma semana de conversas, os membros da Comissão de Finanças da Assembleia Legislativa finalmente escolheram seu presidente. O escolhido, surpreendentemente, foi o deputado Dary Pagung (PRP), nome que até então nem aparecia nas bolsas de apostas. O mais curioso ainda é que ele teve aprovação por unanimidade e representou o consenso dos demais membros da pasta. Vale lembrar que a vaga era cobiçada pelos deputados Luzia Toledo (PMDB) e Atayde Armani (DEM). Mas ambos, em comum acordo, decidiram recuar para eleger Pagung. A vaga era do PMDB, no entanto, Luzia sofria resistência, inclusive do Palácio Anchieta, para substituir Sergio Borges, que foi para o Tribunal de Contas.

Insatisfeito I
Apesar dos membros da Comissão pregoar que a escolha de Dary foi de consenso, o deputado Hércules Silveira (PMDB) não ficou muito satisfeito com a indicação. Defendeu que cargo deveria continuar nas mãos do PMDB e que, como peemedebista, não foi consultado sobre a decisão.

Insatisfeito II
Dr. Hercules também não ficou nada satisfeito com a decisão da Comissão de Justiça de vetar seu projeto que criava o “botão do pânico” para escolas e unidades de saúde. Mesmo pedindo ajuda dos colegas para derrubar o veto, poucos se mostraram solidários ao peemedebista. Não faltaram críticas e ele disse que só será dada importância ao projeto quando algum parente dos parlamentares for vítima da criminalidade. O tempo fechou!

Outra comissão
Com a eleição de Pagung, o deputado Sandro Locutor já está de olho na vaga da Comissão de Direitos do Consumidor. Dary não precisa deixar a atual presidência, mas o próprio já tinha declarado que poderia renunciá-la. Será que vai começar outra disputa na Casa?

Novidade
Pela primeira vez um presidente do Tribunal de Justiça do Espírito Santo vai à Assembleia Legislativa para prestar contas do seu mandato. Nesta terça-feira, o desembargador Pedro Valls Feu Rosa vai apresentar seu relatório de gestão e, entre as ações desenvolvidas, o fim da revista vexatória, combate à tortura nos presídios e a reestruturação do Judiciário.

Dívidas
Termina nesta terça-feira o prazo para o morador de Vila Velha quitar suas dívidas com a prefeitura de forma parcelada. O secretário de Finanças José Satlher Neto diz que a facilidade é boa para o município, mas também ajuda o contribuinte a se regularizar com o Executivo. Quem perder o prazo, o Plano de Recuperação Fiscal (Revive) ainda promete desconto para pagar o débito até o final do mês.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21