banner
publicidade
publicidade

DILMA RECONHECE QUE NÃO ENTREGOU O PROMETIDO PARA O 2º MANDATO

A presidente Dilma Rousseff pediu mais tempo para que possa entregar tudo o que prometeu durante a campanha eleitoral para a reeleição no ano passado. O pedido foi feito durante entrevista da presidente ao jornal alemão Handelsblatt, publicada nesta sexta-feira, 21. À publicação, Dilma diz ainda que a recessão deve atingir o Brasil por período de “seis a no máximo 12 meses”, mas reconhece que o caminho posterior será difícil e “ninguém vai passar sem ajustes dolorosos”.
Na entrevista, Dilma reconheceu que não conseguiu entregar o prometido nas eleições de 2014, mas pediu tempo aos eleitores. “Em nove meses desde a eleição, nós não conseguimos implementar o que prometemos para o segundo mandato. Eu digo: nos dê mais tempo e então nós poderemos alcançar as expectativas”, disse ao jornal.
A presidente brasileira afirmou que prevê que o Brasil fique em recessão por “seis a no máximo 12 meses” antes de voltar a crescer. Dilma Rousseff alertou, porém, que o caminho do País pela frente não deve ser fácil e afirmou que “ninguém vai passar sem ajustes dolorosos”. Diante desse cenário menos favorável, a presidente reconhece que o ritmo de redução da pobreza no Brasil será mais lento. “Nós não vamos progredir tão rápido como na década passada.”
Questionada sobre eventual preocupação com a iminente subida de juros nos Estados Unidos, Dilma expressou confiança de que o Federal Reserve (Banco Central americano) fará o movimento “com cautela e no ritmo certo, de modo a não incentivar a instabilidade”. (G1)


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21