banner
publicidade
publicidade

Diretora do FMI acredita em estabilização

Foto: Reprodução de TVA diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, disse, neste domingo, que a economia global mostra “sinais de estabilização”.

“Os últimos anos foram extremamente difíceis em muitos lugares do mundo. E nos últimos meses, a situação era inclusive sombria. Vemos hoje novos sinais de estabilização, sinais de que as políticas aplicadas dão frutos. As condições dos mercados se distenderam e os indicadores econômicos recentes começam a melhorar, inclusive nos Estados Unidos”, analisou.

Ela participou do Fórum de Desenvolvimento da China, evento ocorrido em Pequim, neste fim de semana, que reuniu empresários e investidores do mundo inteiro.

Apoio à Grécia e obstáculos futuros

No encontro, Lagarde também destacou a ajuda renovada à Grecia, tanto do FMI quanto dos sócios europeus. Segundo ela, após o esforço coletivo, “a economia mundial não está mais à beira do precipício”.

“Temos razões para ser otimistas”, destacou ela.

A diretora do FMI, no entanto, fez questão de alertar sobre fragilidades financeiras e econômicas maiores que se apresentam pela frente. A fragilidade dos sistemas financeiros – endividamento público e privado – foi uma das citadas por Lagarde. De acordo com ela, a situação ainda é muito importante “em muitas economias desenvolvidas ou preços do petróleo muito elevados”.

Lagarde acredita que a China tem um papel fundamental na recuperação global. Para isso, o país deve “continuar reorientando os motores do crescimento econômico, os investimentos e as exportações para o consumo interno”. Isso fomenta o compartilhamento dos frutos do crescimento, ainda segundo a diretora do FMI.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21