banner
publicidade
publicidade

DOS R$ 4 MILHÕES DE PADILHA, R$ 1 MILHÃO SERIA PARA POLÍTICOS DO PMDB DA BAHIA

DOS R$ 4 MILHÕES DE PADILHA, R$ 1 MILHÃO SERIA PARA POLÍTICOS DO PMDB DA BAHIA

A história dos R$ 4 milhões que delatores da Odebrecht dizem terem sido repassados para Eliseu Padilha inclui o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha e políticos do PMDB da Bahia. A transferência do dinheiro tem versões conflitantes de Lúcio Funaro e José Yunes.

A própria cúpula do PMDB admite que Cunha se envolveu na partilha do dinheiro para diferentes destinatários, atravessando a direção do partido porque não estava nos planos do PMDB nesta divisão.

Segundo os peemedebistas que acompanharam a negociação em 2014, dos R$ 4 milhões, R$ 1 milhão seria para peemedebistas no Rio de Janeiro, R$ 2 milhões para os da região Sul e R$ 1 milhão para peemedebistas da Bahia, que, na partilha, foram chamados de “os baianos”. Mas Cunha teria interviu no processo e gerou problemas na divisão. (GN


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21