banner
publicidade
publicidade

Eleições 2012 – Lucas Bocão

Pré-candidato à Prefeitura de Teixeira de Freitas pelo PMDB, o radialista Lucas Bocão, fenômeno de audiência com os programas que mantém na Rádio Cidade e na televisão, desponta como uma nova força política na região. Nesta entrevista, ele fala de seus planos e projetos para transformar Teixeira de Freitas em uma cidade do futuro.

O que fez você decidir pela pré-candidatura à Prefeitura de Teixeira de Freitas?

Lucas Bocão – O nome Lucas Bocão surgiu a partir das necessidades que a população vem passando. Nesse período que eu desenvolvi um trabalho social no rádio, na televisão e também nas ruas, entendi que para se resolver os problemas você tem que conhecê-los, e, para isso, é preciso estar na casa das pessoas, nos bairros, ouvindo o povo falar. Percebi que era hora de renovar, de mudar, de escolher alguém com um perfil dinâmico, mais jovem, mas que, acima de tudo, ame as pessoas, independentemente de qualquer coisa. Eu tenho o dinamismo que essa região precisa para que a gente possa lutar, ir a Brasília e a Salvador várias vezes, se for o caso, buscar recursos para a cidade.   Sou daqui e tenho que lutar por aqui. Em momento algum direi que aqueles que vieram para cá de outras regiões vieram no intuito de negatividade. Ao contrário. Mas, eles tiveram a oportunidade deles. Muitos já foram prefeitos, candidatos a deputado. Eu nunca fui candidato.

Como você pensa que deve ser a administração da cidade?

Lucas Bocão – Penso que o povo deve participar da administração, a chamada política participativa. Eu não comungo dessa ideologia de pequenos grupos. Ao contrário, quero que todos participem, todos falem.

Eu deixo claro que essa força, essa jovialidade que carrego dentro do meu coração é para, justamente, favorecer o Extremo Sul da Bahia e Teixeira de Freitas, a cidade que tanto amo. Sou daqui, moro aqui e vou morrer aqui.

Qual seria a fórmula para administrar uma cidade tão grande e tão dinâmica como Teixeira?

Lucas Bocão – Teixeira de Freitas é uma cidade que cresce de forma avassaladora. Não tem como um só prefeito conseguir administrar toda a cidade. Por isso, penso que Teixeira de Freitas tem que ser dividida em quatro zonas, com quatro subprefeituras: Zonas Norte, Sul, Leste e Oeste. Cada subprefeitura administrando as áreas da saúde, educação, segurança, trânsito etc. Esse sistema administrativo possibilita um dinamismo maior e mais facilidade de sanar os problemas.

Você tem projetos na área social?

Lucas Bocão – Conheço os problemas dessa cidade porque estou em cada bairro e cada rua, já entrei em várias casas e sei o que é a fome na vida das pessoas. Teixeira de Freitas é uma cidade que precisa, urgentemente, combater as drogas, porque elas têm destruído as famílias.

É preciso buscar recursos junto aos governos federal, estadual e municipal para se criar um grande centro de recuperação em Teixeira de Freitas, que se torne referência nacional. Mas, esse centro tem que ser gratuito, porque a questão das drogas é um problema de saúde pública.

Algumas pessoas comparam você com outros políticos. O que você pensa disso?

Lucas Bocão – Aqueles que talvez vão de encontro ao que eu faço me comparam com ex-radialista, ex-político que passou por aqui, porque não tem outra coisa para falar de mim. Tem um detalhe: cada um tem uma história. Eu não pulei em Teixeira de Freitas de paraquedas. Não cheguei aqui por acaso. Sou filho dessa região.

Quais seus projetos na área de emprego, renda e educação?

Lucas Bocão – Se fala de forma utópica em trazer grandes empresas para Teixeira de Freitas. Também acho a ideia de grande valia, mas a empresa de fora dá o emprego, só que o lucro ela manda para a matriz, e nisso nossa cidade vai ficando cada vez mais pobre. Hoje, temos cerca de 15 mil a 20 mil desempregados. Como resolver esse problema? Nossa ideia é procurar os bancos nacionais, a União, o Estado e captar recursos, fazer acordo de um grande financiamento junto ao BNDES. Emprestaríamos dinheiro aos pequenos e médios empresários para que eles investissem e pudessem contratar mais funcionários. Dessa forma, iríamos acabar com o desemprego e fazer com que o dinheiro continuasse circulando no município, evitando o empobrecimento de Teixeira de Freitas.

Também precisamos fazer com que a Secretaria de Indústria e Comércio tenha uma parceria direta com as instituições comerciais e industriais, mostrando que o município está do lado dos empresários, dando todo o suporte para eles.

E a questão da saúde?

Lucas Bocão – Temos que criar projetos emergenciais para sanar imediatamente as questões da saúde. A ampliação da emergência do hospital regional é de caráter urgente. Mas, o primeiro passo é valorizar os trabalhadores dessa área, reavaliando a questão salarial, mostrando para as pessoas que elas têm que ganhar aquilo que merecem. Também promovendo cursos de reciclagem profissional.

A questão de ampliação do hospital regional também é de suma importância, porque ali são atendidos pacientes de todo o Extremo Sul. O hospital tem 30 anos. É hora de ampliar a emergência do hospital, dar mais suporte e oferecer mais conforto aos pacientes, com locais especializados de atendimento.

Com relação aos PSFs no município, eles precisam ser triplicados, eles prestarão atendimento durante 24 horas, porque as pessoas não adoecem somente durante o dia. Também pretendemos criar grandes unidades de saúde nas quatro zonas em que será dividida a cidade. Não haverá apenas PSFs, mas grandes unidades hospitalares para que possa desafogar o hospital regional.

Depois da ampliação do hospital regional, temos que providenciar a construção de outro hospital em Teixeira de Freitas. Esse projeto já está bem encaminhado, mas faltou pulso firme do gestor para reivindicar ao governador.

Quanto à educação, quais os projetos?

Lucas Bocão – Nós não tivemos políticas públicas na área de educação.

Nosso grande projeto é a criação de escolas com tempo integral, em que a criança entra às 7 horas, almoça, e, à tardinha, os pais vêm buscar a criança na porta da escola, depois do dia de trabalho. A partir da 8.ª série, esses mesmos jovens vão fazer o Ensino Médio paralelamente a um curso técnico. Vão terminar o Ensino Médio com uma profissão, com autonomia de vida, com um sonho. Essa é uma forma de sanar momentaneamente as questões na área de educação. Porém, meu maior sonho é o projeto da faculdade municipal gratuita, para o povo. Porque nós temos milhares de jovens que não têm a oportunidade de pagar faculdade particular.

Você fala em grandes projetos. Você está bem articulado com o seu partido?

Lucas Bocão – Há toda a condição de se executar todos esses projetos. Tenho a oportunidade de estar sempre conversando com o vice-presidente da república, Michel Temer, com o ex-ministro Geddel Vieira Lima, com o deputado federal Lúcio Vieira Lima, entre outras lideranças deste país. Pretendemos criar um escritório avançado de captação de recursos para Teixeira de Freitas.

De que forma você pretende resolver o problema do trânsito em Teixeira de Freitas?

Lucas Bocão – Temos que modificar a cidade, principalmente o Centro. As pessoas já estão cansadas de engarrafamentos. Vamos criar uma secretaria especializada em trânsito. Vamos fazer o monitoramento através de câmeras nos principais pontos do centro da cidade, ampliar avenidas, construir passarelas, colocar semáforos em vários pontos, pintar faixas de pedestres e colocar na frente das escolas um guarda para monitorar o trânsito nos horários de entrada e saída.

 E com relação ao lazer e à segurança?

Lucas Bocão – Pretendemos fazer um grande projeto de lazer em cada bairro da cidade, com praças e quadras esportivas. Nesses locais haverá quiosques para garantir a atividade econômica das pessoas. Também queremos construir galpões onde possam ser realizados pequenos eventos em cada bairro. Sempre próximo dessas praças teremos unidades de PSF e da guarda municipal.

Com relação à segurança, temos um projeto de parceria da guarda civil municipal e polícias militar e civil. Vamos fazer concurso e contratar pessoas especializadas para que possa ser usado todo o aparato necessário de segurança.

Como você avalia a infraestrutura atual em Teixeira de Freitas?

Lucas Bocão – Por mais que a atual gestão tenha sanado alguns problemas, precisamos de ações mais contundentes, precisamos de grandes projetos. Penso que Teixeira de Feitas tem que ser toda asfaltada. Temos como fazer isso, é só buscar parceria com o governo federal e com as empresas de celulose. Hoje já temos aqui a usina de asfalto, então é muito barato asfaltar Teixeira de Freitas, o que falta é boa vontade.

 Você tem algum projeto para as áreas de esporte e cultura?

Lucas Bocão – No esporte, pretendemos dar prosseguimento ao Interbairros, mas também queremos terminar o projeto do grande estádio de Teixeira de Freitas, aproveitando a estrutura que já existe, para que possamos fazer campeonatos de futebol em parceria com o município. Vamos pegar as escolinhas esportivas que já existem e fazer parcerias para que as crianças comecem a fazer esportes. Essas escolinhas também desenvolverão atividades culturais. Será um local onde as crianças vão ter oportunidade de praticar esportes, ter aulas de música, capoeira, entre outras atividades. Pretendemos criar esses grandes campeonatos e dar suporte a eles. Também resgataremos os jogos estudantis.

Na questão da cultura, um sonho meu é criar a concha acústica, um local de apresentação musical, teatral, de grandes palestras.

Quais projetos você tem para a área rural, distritos e povoados?

Lucas Bocão – A primeira coisa é colocar em cada distrito uma antena de celular e, em seguida, internet. Vamos dar uma manutenção maior para os distritos e implantar PSFs. Na questão da segurança, vamos criar unidades em cada distrito e dar o aparato necessário para o policial trabalhar.

Já na zona rural, vamos ampliar a Secretaria de Agricultura, contratando engenheiros e técnicos para que deem suporte aos micros, pequenos e médios agricultores.

Qual mensagem você deixa para o povo de Teixeira de Freitas?

Lucas Bocão – A mensagem que deixo para essa cidade que tanto amo é que as pessoas continuem lutando, não desistam de seus sonhos. Esse sonho de mudar Teixeira de Feitas não é só meu, mas de todos nós. Agora é um momento de renovação, de mudança. Temos que pensar em Teixeira de Freitas para daqui a 20 anos, por isso convocamos a sociedade para que participe diretamente dessa renovação. As administrações anteriores desenvolveram seus trabalhos, assim como Sr. Timóteo Brito, primeiro prefeito, fez o mercadão municipal, o parque de exposição, ninguém em sã consciência pode negar. O Sr. Francistônio Pinto doou mais de dez mil lotes, como Santo Antônio, Ulisses Guimarães, Liberdade e Irmã Dulce e muitos outros, cerca de 25% de Teixeira de Freitas mora em área doada na gestão dele. Dr. Vagner Mendonça fez muitas obras. O padre Aparecido desenvolveu obras importantes e asfaltou significativamente ruas e avenidas de Teixeira de Freitas. Caso a oportunidade a mim seja dada, serei um bom prefeito e vou usar a sandália da humildade, modernizando Teixeira sem esconder o seu passado.

fonte Jornal Alerta


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21