banner
publicidade
publicidade

ELEIÇÕES 2018: MEIRELLES É O PREFERIDO DO MERCADO, MAS BOLSONARO DESPONTA

ELEIÇÕES 2018: MEIRELLES É O PREFERIDO DO MERCADO, MAS BOLSONARO DESPONTA

O “mercado”, que reúne todos aqueles que de uma forma ou de outra estão vinculados diretamente às questões econômicas, já tem candidato à Presidente e ele chama-se: Henrique Meirelles, o atual ministro da Fazenda.

Segundo reportagem da edição deste domingo da Folha de São Paulo, os operadores do mercado consideram que Meirelles conhece os meandros de Brasília e tem a experiência no setor privado – já que ele foi presidente do BankBoston e do conselho da J&F, dos irmãos Batista. “O Meirelles não seria o candidato do mercado, o Meirelles seria o mercado”, diz Carlos Melo, cientista político e professor do Insper.

Os tucanos Geraldo Alckmin, governador de São Paulo, e João Doria, prefeito da capital paulista, também agradam o mercado, pelo discurso pró-privatizações e pela agenda reformista, mas  a incerteza em torno de quem será o presidenciável do partido provoca temor de pulverização de votos.

O grave é que mais recentemente um elemento estranho foi anexado à lista: o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ). As propostas de Bolsonaro falam de Estado mínimo, eficiente e livre da corrupção; prega a redução do juro para 2% e, por estar polarizando com Lula, o mercado acredita que tenderia a causar um estresse menor no mercado. Mas a visão do Bolsonaro sobre economia é zero, ele nunca teve preocupação com isso e o liberalismo econômico não está no DNA dele, afirma um operador.

Já é o apresentador Luciano Huck, embora agrade, é considerado uma incógnita e um operador diz que sua candidatura só ganha força se estiver ladeada por um nome mais forte.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21