banner
publicidade
publicidade

Em alegações finais ao TSE, PSDB incrimina Dilma mas isenta Temer

Em alegações finais ao TSE, PSDB incrimina Dilma mas isenta Temer

Em alegações finais ao TSE, PSDB incrimina Dilma mas isenta Temer

Foto: Lula Marques/ Fotos Públicas

O autor das ação que investiga no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) o suposto abuso de poder político e econômico da chapa Dilma-Temer de 2014, o PSDB, nas alegações finais, entregues à Corte Eleitoral cita episódios investigados na Operação Lava Jato para tentar incriminar a petista e considera o peemedebista isento de “qualquer prática ilícita”, de acordo com o jornal Estadão.

O relator da ação que pode levar à cassação da chapa, o ministro Herman Benjamin, concluiu nesta segunda-feira (27), o relatório final do processo e encaminhou aos outros ministros da Corte, e o caso pode ser julgado ainda na semana que vem.

No documento entregue pela defesa do PSDB, os tucanos alegam que o presidente Michel Temer não deve ser penalizado por não ter realizado “qualquer prática ilícita” mesmo integrando a chapa de Dilma. “Ao cabo da instrução destes processos não se constatou em nenhum momento o envolvimento do segundo representado (Michel Temer) em qualquer prática ilícita. Já em relação à primeira representada (Dilma Rousseff), há comprovação cabal de sua responsabilidade pelos abusos ocorridos. “, alega o documento.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21