banner
publicidade
publicidade

EMPRÉSTIMOS ACIMA DE R$ 5 MIL DEVEM SER DECLARADOS NO IMPOSTO DE RENDA

EMPRÉSTIMOS ACIMA DE R$ 5 MIL DEVEM SER DECLARADOS NO IMPOSTO DE RENDA

Quem tomou empréstimos ou emprestou dinheiro acima de R$ 5.000 em 2014, seja envolvendo um amigo ou um banco, precisa declarar isso no Imposto de Renda. Para quem tomou empréstimo, a operação deve ser informada na ficha “Dívidas e Ônus Reais”. Será preciso criar um item para cada um dos credores, especificando-os pelos códigos de 11 a 16, dependendo da situação:
11. Estabelecimento bancário comercial;
12. Sociedades de crédito, financiamento e investimento;
13. Outras pessoas jurídicas;
14. Pessoas físicas;
15. Empréstimos contraídos no exterior;
16. Outras dívidas e ônus reais.
Não é obrigatório declarar dívidas com o valor igual ou inferior a R$ 5.000, levando-se em conta o valor total, caso tenha feito mais de um empréstimo. Além disso, a Receita Federal orienta que não sejam incluídas as dívidas e ônus reais de:

Financiamentos do Sistema Financeiro da Habitação (SFH) ou sujeitos às mesmas condições (aqueles nos quais o bem é dado como garantia do pagamento – ex: alienação fiduciária, hipoteca, penhor etc). Conta-corrente negativa no cheque especial também deve ser informada Se a conta-corrente estiver negativa em mais de R$ 5.000, essa dívida obrigatoriamente deve ser informada.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21