banner
publicidade
publicidade

ESPECIALISTAS INDICAM 15 PRIORIDADES CONTRA A CRISE DOS PRESÍDIOS

ESPECIALISTAS INDICAM 15 PRIORIDADES CONTRA A CRISE DOS PRESÍDIOS


Superlotação, condições precárias de higiene, presos sem julgamento, briga entre facções. Esse é o retrato de presídios brasileiros que autoridades, há anos, vêm tentando mudar com medidas de curto e longo prazo. Algumas deram certo, outras não.

O G1 listou aquelas que, em algum momento, foram aplicadas pela administração pública, pelo Judiciário e entidades não governamentais para resolver o problema dos presídios e ouviu especialistas sobre quais seriam as mais urgentes para coibir cenas como as de rebeliões que deixaram mais de cem mortos em janeiro deste ano.

Veja a seguir as medidas apontadas como as mais urgentes para amenizar o caos carcerário, sem ordem de importância. Muitas delas já são lei, mas não funcionam na prática:

-lei de drogas
-audiências de custódia
-penas alternativas
-mutirão carcerário para reduzir superlotação
-aplicar penas alternativas aos pequenos traficantes
-construção de presídios nos estados
-melhorar infraestrutura e higiene de presídios
-sistema integrado de informações sobre presos
-transferir chefes de facções
-compra de equipamentos de revista
-alas de amamentação para mães presas
-bloquear sinal de celular nos presídios
-separar presos do semiaberto do fechado
-colocar presos no RDD
-ampliar Defensoria Pública.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21