banner
publicidade
publicidade

Estatais patrocinam 1º Maio das centrais sindicais

Com custo estimado em cerca de R$ 5 milhões, seis centrais sindicais fazem dois megaeventos em São Paulo para comemorar o 1º de Maio e atrair pelo menos 2 milhões de trabalhadores às festas, informa a Folha de S.Paulo. Os gastos serão parcialmente pagos com patrocínios de empresas estatais e privadas. A Petrobras destinará R$ 300 mil para o evento da CUT, com tema ‘Brasil-África’, e R$ 300 mil para a festa única de cinco centrais sindicais -cujo slogan é ‘Dia do Trabalhador Unificado’. O evento terá o sorteio de 20 carros e shows populares.

Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil e Eletrobras são algumas das empresas que devem fechar, nos próximos dias, os valores do patrocínio. As cotas variam de R$ 150 mil a R$ 200 mil. Brahma, Casas Bahia, Carrefour, Pão de Açúcar, BMG, Bradesco e Itaú também devem contribuir, com cotas de R$ 80 mil a R$ 200 mil. Na avenida Marquês de São Vicente, local da festa da Força em parceria com outras quatro centrais -UGT, CTB, CGTB e Nova Central- são esperadas entre 1,5 milhão e 1,8 milhão de pessoas. O custo estimado pelos organizadores é de R$ 2,5 milhões a R$ 2,7 milhões.

Por:Magno Martins


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21