banner
publicidade
publicidade

Eunápolis:Policia Civil entrega carceragem ao coordenador da 23ª Coorpin

A situação já estava se tornando insustentável,quando agentes civis através do seu sindicato, estavam tentando resolver a situação de policiais civis que até então estavam sendo responsáveis pela custódia de presos.
Depois de várias reuniões e entendimentos, na manhã desta 2ª feira 18/02, através de um ofício, todos agentes entregaram ao Dr. Evy Paternostro, a determinação de que, a partir desta data, os agentes não mais estariam sendo responsáveis pela custódia dos presos.
Muitos até o momento desta reportagem estavam ainda sem o café da manhã, os detidos dentro do presídio não foram para o tradicional banho de sol e no momento em que a reportagem estava deixando a delegacia, o almoço dos presos estava chegando e sem saber quem seria o responsável pela distribuição dos marmitex.
Devidamente autorizado, a reportagem fotografou os detidos na custódia, sendo que 4 deles estão ameaçados de morte e um deles por pouco não foi morto nas celas, e está com o rosto bastante machucado, por isto está do lado de fora junto com os demais.
Outro que está preso é Alex Maurício dos Santos que na manhã desta 2ª feira, tentou matar a mulher a facadas na av. norte e sul bairro Gusmão, na frente da filha. A mulher Alcídia Maria dos Santos foi para o HRE e segundo informações corria risco de morrer devido a gravidade dos ferimentos, Mauricio diz que é socorrista do SAMU, mas a reportagem em contato com o SAMU de Eunápolis, ficou sabendo que ele pode até ser socorrista do SAMU mas de outro estado, por que socorrista do SAMU de Eunápolis ele não é não.
Ele foi preso logo após o crime e também está na custódia. Segundo informações fora várias facadas e todas desferidas com certo grau de crueldade e todas elas gravíssimas, a saber, que Alcídia mora na rua Portugal 410 bairro Santa Lúcia. Caso confirme que ele não pertence a nenhuma unidade do SAMU, e que só usa o uniforme para iludir as pessoas, além do crime de tentativa de homicídio ele poderá ser enquadrado também por falsidade ideológica.
Às 13h25m, a reportagem entrou em contato com o HRE e ficou sabendo que Alcídia tinha acabado de sair do centro cirúrgico, mas o seu estado era delicado e inspirava muitos cuidados, isto devido a gravidade dos ferimentos causados pelas facadas.
Sem banho de sol, sem o banho tradicional, sem café da manhã e sem almoço, os presos estão começando a se revoltar com a situação e todos os agentes estão fazendo o trabalho normal, mas não vão fazer mais a custódia dos presos, inclusive até que se resolva a situação, as visitas estão suspensas.
O coordenador da 23ª Corpin, Dr. Evy Paternostro, fez ainda nesta manhã e foi entregar um oficio ao MM. Juiz da vara crime Dr. Otaviano Sobrinho, para que uma solução imediata possa ser tomada, com a intenção de minorizar o problema. Segundo o que se pode apurar que uma das providencias, seria a solicitação ao comando para ajuda da PM principalmente no setor de segurança.( com informações rota 51).


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21