banner
publicidade
publicidade

Família doa órgãos de jovem diagnosticado por morte encefálica

Família doa órgãos de jovem diagnosticado por morte encefálica

 

Teixeira de Freitas: Na tarde desta quinta-feira, (20/02), foi realizada uma cirurgia para retirada dos órgãos do jovem de 16 anos de idade, morto em acidente de moto na região do Extremo-sul da Bahia. Com a confirmação  do diagnóstico de morte encefálica pela equipe médica, familiares compareceram no Hospital Regional de Teixeira de Freitas para oficializarem a doação dos órgãos. Logo após os procedimentos cirúrgicos, familiares acompanharam a viagem dos órgãos para uma central de transplantes da Bahia.

 

A cirurgia que durou três horas, foi realizada  pelo médico, Dr  Eraldo Salustiano , que veio direto de Salvador, unindo-se a equipe médica de Teixeira de Freitas formada pelos médicos, Dr.Humberto Novaes, Dr.Valdir Ferreti e as enfermeiras, Paula Farias e Luciana Jackeline. Os órgãos  retirados foram: o fígado, os dois rins, duas córneas e o coração.

 

Uma das tias do jovem, falou a nossa equipe de reportagem,” a mãe do jovem decidiu doar os órgãos com consciência que estaria salvando varias vidas, sabendo que estar esparramado um pedacinho do filho dela em todo o Brasil” , finalizou.Para o médico,  Dr.Humberto Novaes,” A cirurgia foi um sucesso, devido a atitude positiva dos familiares do jovem, que contribui para amenizar as dores das pessoas que estão em uma fila de transplante”, concluiu.

 

 

Para que ocorra a doação, primeiramente, é preciso haver a confirmação de morte encefálica do paciente – quando não há mais atividade cerebral, mas os órgãos continuam em funcionamento, com a ajuda de aparelhos. Para isso, há um rígido protocolo, com a avaliação médica e realização de uma série de exames. Após a confirmação, é preciso a autorização dos familiares. A Central de Transplante orienta a avisar aos parentes sobre esse desejo, pois, de acordo com a legislação, a doação pode ser consentida pelo familiar de até 2º grau.

Depois do recolhimento do órgão, a central faz o encaminhamento um receptor compatível, obedecendo a ordem da lista única do estado. Não havendo compatibilidade, o órgão entra na lista nacional, podendo ser enviado para outro estado do país.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21